> Uma nova polícia, um novo modelo! - BLOG DO HALK

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Uma nova polícia, um novo modelo!



Mendonça Prado
O Brasil vive um momento novo na segurança pública. A elevação do nível intelectual dos policiais, em função dos concursos públicos exigidos pela Carta de 1988, engendrou uma conscientização política que está surpreendendo os governantes. Assim, categorias profissionais que anteriormente não reivindicavam direitos e garantias, agora agem com disposição para que os gestores cumpram os respectivos papéis.

As polícias militares, que até pouco tempo eram constituídas por inúmeros incultos, hoje são compostas por praças e oficiais que se destacam pela formação educacional. Não é raro encontrar soldados bacharéis, pós-graduados, mestres e até doutores. São cérebros que constituem um novo perfil para as forças de segurança e exigem uma relação contemporânea entre subordinados e superiores hierárquicos.

Dessa maneira, não se admitem mais tratamentos deseducados ou arrogantes dos que estão em postos de comando. Não se pode mais apostar no vigor de regras disciplinares que ferem princípios constitucionais. A hierarquia e a disciplina são fundamentais para a atual estrutura, mas tudo deve ser interpretado em consonância com as novas características daqueles que compõem as instituições. É inadmissível que um comandante profira uma ordem de prisão em função de algo insignificante. Atos dessa natureza não se coadunam com os tempos modernos.

A consciência cidadã ilumina cada militar na hora de examinar quais são as melhores condições de trabalho, e quais são os seus direitos e deveres estabelecidos no ordenamento jurídico. Porquanto, não é mais permitido ao governador, ao secretário de Estado ou ao comandante de uma corporação postergar benefícios legais, muito menos decidir, ao seu alvedrio, sobre situações que estão evidentes em leis.

Essa mudança de paradigmas tem suscitado contendas que põem em lados opostos superiores e subordinados sob o olhar apreensivo da sociedade. Na era do conhecimento e da evolução tecnológica, muitas vezes a velocidade que marca determinadas mudanças comportamentais de alguns, não é apreendida do mesmo modo pelos que têm responsabilidades para com eles. Nesse caso específico, o progresso extraordinário no padrão dos policiais e o desenho retrógrado da mente dirigente evidenciam o disparate entre as duas partes.

Não tenho dúvida de que essa fase será superada quando os administradores entenderem que esses servidores não são meros robôs, mas, seres humanos possuidores de inteligência. Digo isso porque acho que ainda está arraigada na mente de muitos políticos a ideia, de tempos pretéritos, de que o policial militar, principalmente as praças são destinatárias de dois direitos; o primeiro é não ter direito, o segundo é não abusar do direito que tem. Apesar do tom de pilhérico, muitos pensam assim.

Diante da nova realidade, não devemos tomar como surpresa as exigências de policiais sobre a execução de regras vigorantes ou sobre lutas que visam assegurar o aprimoramento das atividades. Quando o texto legal disser que um militar deverá receber três uniformes por ano, não será criminosa a ação do militar que exigir do gestor a entrega das três fardas nesse período. Quando o texto legal disser que um militar tem direito a ser promovido após cumprir algumas condições, não será criminoso o ato praticado por ele visando a sua ascensão a outra graduação ou posto. Quando o texto legal disser que uma viatura não poderá circular se não estiver regularizada no órgão competente, não será criminosa a recusa do trabalho com instrumentos irregulares. A polícia não será mais conduzida pela linha autoritária estabelecida pelos que, quando desobedecidos, prendiam e arrebentavam. Hoje, os militares têm cidadania jurídica e política. Foi assim que determinou o constituinte originário.

Face ao exposto, urge modificar a estrutura da segurança pública do país, constituindo um modelo hodierno, eficiente, capaz de combater a ação criminosa e assegurar a paz social. O atual formato é arcaico e enseja distorções inimagináveis. A polícia deve ser uma instituição do Estado com autonomia e independência, e não um órgão subordinado ao governo de plantão. Os seus membros selecionados em concursos públicos devem exercer as atribuições sem desvios de finalidade. A polícia existe para proteger a sociedade.

Destarte, devemos focar o aperfeiçoamento do setor e não pretender manter um sistema esdrúxulo e ineficaz. Os últimos acontecimentos registrados em diversos estados brasileiros, a exemplo de Bahia e Rio de Janeiro, demonstram, claramente, a imperiosa necessidade de se fazer correções. Está claro que a mente dos policiais tem evoluído, enquanto que a das autoridades se apoia em padrões ultrapassados. É hora de mudar.

Algumas soluções para esses problemas são: desvincular as polícias dos governos e criar a polícia de Estado. Estabelecer autonomia orçamentária, desmilitarizar as polícias militares e unificar as polícias militares e civis. O modelo ideal a ser observado é o da Polícia Rodoviária Federal sem tantas hierarquias, mas com a imprescindível disciplina. Proposta nesse sentido já começou a tramitar no Congresso.

*Mendonça Prado é Advogado, Mestrando em Direito Tributário pela Universidade Católica de Brasília, Deputado Federal por Sergipe, Presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados e Vice-Presidente do Democratas.


Acesse o Artigo Original: http://www.uniblogbr.com/2012/09/uma-nova-policia-um-novo-modelo.html#ixzz27U5To1mw

135 comentários:

  1. A desmilitarização é uma realidade que mais cedo ou mais tarde irá se concretizar! MESMO COM A RESISTÊNCIA DOS OFICIAIS SUPERIORES! PRAÇAS ACORDEM PARA A NOVA REALIDADE DA NOSSA POLÍCIA! E LEMBRANDO : PRAÇA POLICIAL MILITAR DESMOTIVADO SEGURANÇA PÚBLICA AMEAÇADA! OPERAÇÃO LEGALIDADE (OT) FOREVER!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O FIM DO MILITARISMO NAS FORÇAS POLICIAIS ESTÁ CHEGANDO E NÓS PRAÇAS NUNCA VAMOS DESISTIR DA LUTA!

      AVANTE NOBRES AMIGOS RUMO A VITÓRIA!

      Excluir
    2. Já que não fui e provavelmente nem serei promovido, já que não vou ter as cotas antecipadas do risco de morte, já que não vou ter aumento no meu soldo, já que não terei nenhuma gratificação, poderiam me deixar ao menos tirar 12 voluntários. Assim trabalhando igual a um burro de carga teria dinheiro para pagar os empréstimos do BRB, as contas de água, luz e telefone. Quando vou ao mercado não penso mais em comprar carne para comer, afinal burro come é capim.

      Excluir
  2. O Brasil vive um momento novo na segurança pública. A elevação do nível intelectual dos policiais, nao parece, olhem o site da pm, so da gtop e rotam vibrando,que nivel intelectual é este? não entendo porque os pms são tão cabeças dura, não faz sentido ver estes caras do tor, cpma, rotam, bptran, bprv e em especial os gtops, vibrando aparecendo em tv, ate quando vao ser os famosos genéricos? como um cara consegue trabalhar como o detran e ganhar muito menos, trabalhar como policial civil e ganhar muito menos, dirigir como os melhores motorista se arriscando e ganha menos que um motorista de políticos, sabemos que não vamos ter aumento nenhum este ano por culpa de termos sido vendidos por 200 merecas, se vc tbm esta revoltado como estou vamos mostrar isto nas reuniões do NMU, muitos dizem não vou mais em reunião pq fomos vendidos, engano de quem pensa assim, agora que temos de mostrar a quem nos vendeu que quem perdeu foram eles e que vamos nos unir mais que nunca. vcs dizem que querem ser valorizados e vcs mesmo não se dão valor, quem vai nos valorizar deste jeito, quem nao faz falta nao tem valor, vamos fazer a população e o governos sentir falta da pm na rua. ai seremos valorizados. obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bope, Gtop, Tor, Rotam e outros operacionais afins são todos acéfalos. A família desses indivíduos que o digam, passam as mais terríveis privações materiais inemagináveis!

      Excluir
  3. Anônimo24 de setembro de 2012 22:24
    RECOMENDAÇÃO N° 2/2012-TJDFT


    “O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, através de suas Promotorias de Justiça Militar, no uso de suas atribuições legais e constitucionais, notadamente as previstas nos arts. 127, 129, incisos II e VII, da Constituição da República e no art. 5°, incisos I, II, alínea “e”, e V, alínea “b”, art. 6°, inciso XX, e art. 9°, inciso III, da Lei Complementar n° 75, de 20 maio 1993;
    Considerando que a figura do Oficial-de-Dia é objeto de especial atenção por parte de diversos dispositivos do Código Penal Militar e do Código de Processo Penal Militar como, por exemplo os arts. 158 do CPM (“violência contra oficial de serviço”) e os arts. 10, § 2°, e 12 do CPPM, que dá ao Oficial-de-Dia poder de polícia judiciária para as medidas preliminares ao IPM;
    Considerando que o art. 15 do Estatuto da Polícia Militar do Distrito Federal (Lei n° 7289/1984) e o art. 15 do Estatuto do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (Lei n° 7479/1986) estabelecem a divisão em círculos hierárquicos separados para oficiais e praças;
    Considerando que citados dispositivos legais determinam que o Círculo de Oficiais Subalternos é composto pelos militares com posto de 1° Tenente e 2° Tenente ou com graduação de Aspirante-a-Oficial, podendo, excepcionalmente, dele ter acesso os Alunos a Oficial;
    Considerando que, nos termos do Regulamento Interno e de Serviços Gerais (RISG), a função de Oficial-de-Dia deve recair sobre militar integrante do círculo de oficiais subalternos;
    Considerando que a falta de efetivo no posto de 2° Tenente em ambas as corporações militares do Distrito Federal tem levado a Administração Militar a, erroneamente, escalar subtenentes ou sargentos para esta função, fato comprovado no IPM n° 2012.01.1.087444-4;
    Considerando que os subtenentes e sargentos combatentes, apesar da larga experiência acumulada, não são oficiais, não têm acesso ao círculo de oficiais, ainda que eventualmente, não possuem os requisitos do Curso de Formação de Oficiais ou do Curso de Habilitação de Oficiais, nem recebem a contraprestação pecuniária devida aos oficiais;
    Considerando que os subtenentes e sargentos não usufruam da proteção especial dada pelo art. 158 do CPM, nem podem exercer as atribuições dos Oficiais-de-Dia previstas nos arts. 10, § 2°, e 12 do
    Boletim Geral n° 177, de 20 de setembro de 2012 10
    CPPM, pelos simples fato de não serem oficiais e não frequentarem, ainda que eventualmente, o círculo dos oficiais; e
    Considerando que compete ao Ministério Público expedir recomendações visando à melhoria dos serviços públicos e ao respeito, aos interesses e aos direitos cuja defesa lhe cabe promover, bem como representar à autoridade competente pela adoção de providências para prevenir ou corrigir ilegalidades; em, pela presente,
    RECOMENDAR
    Aos Senhores
    Comandantes-Gerais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do
    Distrito Federal que determinem a adoção imediata das seguintes medidas:
    1) as escalas para
    a função de Oficial-de-Dia deverão recair sobre os militares integrantes do
    círculo de Oficiais Subalternos, ou que a ele tenha acesso;
    2) na falta de
    oficiais subalternos ou de praças que tenha acesso àquele círculo, deverão ser
    escalados para a função de Oficial-de-Dia os oficiais que integram o Círculo de
    Oficiais Intermediários; e
    3) proibir a escala
    de subtenentes ou sargentos na função de Oficial-de-Dia;
    Expeça-se ofício ao
    Comando-Geral da Polícia Militar do Distrito Federal e ao Comando-Geral do
    Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, e suas respectivas
    Corregedorias, encaminhando-se a presente recomendação.
    Comunique-se à MM.
    Juíza Presidente da Auditoria Militar do Distrito Federal.
    Publique-se.
    Brasília, 3 de agosto de 2012.
    NÍSIO E. TOSTES
    RIBEIRO F. PAULO GOMES DE SOUSA JÚNIOR
    Promotor de Justiça
    Promotor de Justiça
    1ª Promotoria de Justiça Militar
    2ª Promotoria de Justiça Militar”


    Postado por: 1º SGT INDIGNADO
    NMU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenente Poliglota...24 de setembro de 2012 22:53

      Esperamos seriamente que cada policial enquadrado nesse dispositivo valha-se de seu direito e que, por conseguinte, tenha em mãos cópia do pertinente documento para que se cumpra a recomendação emanada pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, através de suas Promotorias de Justiça Militar.
      São através de ações conjuntas de profissionais que se preocupam com o bem estar das categorias que hoje podemos afirmar, sem sombra de dúvidas, que estamos e estaremos muito mais esclarecidos.




      Anônimo25 de setembro de 2012 09:42

      eeeeeeeeeeeeeeeeexcelente!!
      como se diz nos meus bons tempos de EB: "booooooooooooooooooom, muito bom".
      está e a lógica que espero que todos passem a incorporar!!
      desde ao ZERO último do CFP2.. até o ST mais antigo!!

      apenas reforçando o que já disse aqui em outro tópico..



      Anônimo24 de setembro de 2012 18:31
      ( fonte: http://tenpoliglota2012.blogspot.com/2012/09/desmilitarizarqual-sua-opiniao.html?showComment=1348522293115#c8606732011280194450 )


      ah, esqueci..

      que a mesma lógica sirva como exemplo pro pessoal que teima em querer fazer serviço de OFICIAL DE DIA!! o famoso FOX..
      pois, bem?! você não é praça mais antigo..
      porque vai se sujeitar a tal coisa, se não recebe pra isso?!
      ou seja, além de ser mão de obra barata.. e desvio de função!!
      exija publicação em BI, BCG.. o que seja.. sendo escrito..
      e vá exigir seus direitos ($$$$)!!

      #ficaadica
      em outras instituições sérias!! você, oreia.. quando substitui seu chefe!! você recebe como tal.. não importa se é apenas um dia.. ou as férias do chefe toda.. mas recebe!! ACOOOOOOORDA!!


      NOVINHU

      Excluir
    2. Isso é RECOMENDAÇÃO, portanto não é ato vinculado.

      Excluir
    3. A é?!!!

      Vai dizer isso para o promotor de Justiça, Militar!!!

      kkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  4. TAVA VENDO O DF NO AR (RECORD) E QUERIA AGRADECER A ROTAM, MUITO BONITO ELES ATRAZ DA VIATURA EM LINHA COM A CARA DE OPERACIONAIS COM SUAS ARMAS LONGAS E O TENENTE DANDO ENTREVISTA ,PARA ALMENTAR A MORAL DO GDF E DO SECRETARIO DE SEGURANÇA. COMO EU GOSTO DE PM BURRO VOU DAR UMA OPINIÃO NA OUVIDORIA DA PM PARA ESTES PMs DA ROTAM TRABALHAR TODO DIA SEM FOLGA E DOAREM 10% DO SEUS SALARIOS PARA AJUDAR AS CRIANÇAS QUE ESTÃO PRESAS. E TODO DIA DAR ENTREVISTA PARA A RECORD QUE VIVE METENDO O PAU NA PM.... É POR ISSO QUE O GOVERNO FAZ O QUE QUER COM A PM POIS SÃO IGUAL A JUMENTO ENQUANTO ELES OS DALMATAS TRABALHÃO O CMT GERAL GANHA MEDALHAS E COLOCA OS DALMATAS PARA DESFILAR TODO DIA.....VOU ATÉ VER OS DALMATAS DESFILANDO NO DIA DOS INATIVOS E O CMT JOGANDO UM OSSINHO PARA ELES....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  5. ETA HOMEM QUE GOSTA DE DESFILE ATÉ OS VELINHOS APOSENTADOS ELE VAI COLOCAR PARA DESFILAR PARA MASSAGEAR O SEU EGO....

    ResponderExcluir
  6. REUNIÕES SETORIZADAS

    Regiões Administrativas com policiais e bombeiros militares, conforme cronograma .

    A 1ª já está definida para as cidades de Santa Maria, Gama, Novo Gama, Valparaíso I e II e Cidade Ocidental,

    a ser realizada em Santa Maria no dia 29 de setembro, às 09:00 horas no Colégio Nossa Senhora Aparecida na QR 218, Lote E, avenida Alagados.

    POLICIAIS e BOMBEIROS ,
    compareçam , participem, sua presença é fundamental.

    Mais do que nunca precisamos estar mobilizados e conscientes da nossa situação.

    Estamos em uma "guerra", e para vencer este gigante, só com
    UNIÃO, CORAGEM, INTELIGÊNCIA, MOBILIZAÇÄO,
    contamos com todos VOCÊS.

    ELIOMAR .
    NOVO MOVIMENTO UNIFICADO – N.M.U

    Responder

    ResponderExcluir
  7. OFICIAIS NA REAL,
    SAEM FORA, VÃO ESTUPRAR NOVINHAS IGUAL O COMANDANTE DO BPTRAN!

    DEIXA A SEGURANÇA PÚBLICA NA MÃO DE QUEM ENTENDE;

    OS DELEGAS!!!!

    ResponderExcluir
  8. Ao contrário dos Praças do Exército que a maioria mal tem o Ensino fundamental pois, eles são obrigados a servir o Exército para aprenderem a atirar e marchar. Enquanto nós Praças da PMDF quase todos temos o 3º Grau (Superior). Resumindo: o militar do Exército é forçado a servir por isso não exige escolaridade, enquanto na PM é obrigatório para o ingresso na mesma. Só não vê essa diferença quem não quer! Então por que essa equiparação "besta" dos militares dessas duas corporações?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo

      Sgt 2º BPM

      Excluir
    2. Vc não sabe o que diz, seu cavalo. Tirando os recrutas, ninguem mais tem nivel de ecolaridade abaixo de segundo grau. E os militares de carreira, concursados, todos com nível superior. O curso é reconhecido como tecnologo.

      Excluir
  9. Tem gente baixando o nível, Halk. Retire os comentários de baixo nível e que em nada acrescenta em idéias para melhorar a segurança pública.
    Soldado de 2003

    ResponderExcluir
  10. Tirem os baixo níveis mesmo halk!!!!

    Os oficiais e puxa sacos!!!

    ResponderExcluir
  11. Estão de parabéns,
    os novinhos do POG do 3 BPM que não usaram aquele colete árvore de natal, refletivo.
    E quando o Fiscal foi perguntar o que estava ocorrendo. Eles falaram que não estavam usando os coletes pois os policiais civis falaram para não usá-los, pois atrapalharia as investigações deles.

    O Oficial ficou com cara de tacho!

    Parabéns!

    SGT Edmar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkk Esses novinhus são fodas!!!!

      Eu gosto desses Mulekes! Policiais do futuro kkkkkk

      SGT 2º BPM

      Excluir
    2. É isso ai novinhos!!!
      Parabéns!!!

      Vamos acabar com o Militarismo!

      Unificação das policias já!!!!

      Excluir
  12. OPERAÇÃO TARTARUGA FOREVER.....

    tartarugador

    ResponderExcluir
  13. Caro Halk,

    Creio que os objetivos estão sendo alcançados com a conscientização de nossos colegas para aquilo que verdadeiramente merecemos: respeito e reconhecimento.
    Apesar de sabermos que para que determinadas conquistas se leve algum tempo, o trabalho psicológico do homem tem um papel fundamental e importantíssimo em ações que demandem o físico.
    Sinto que as categorias estão começando a enxergar determinados horizontes jamais possíveis e isso tem sido obra do trabalho realizado por essa maravilha chamad REDE SOCIAL.
    Parabenizo-o pelo excelente trabalho que tem feito ao longo desse período, e que de uma forma natural tem trazido benefícios a todos.
    Continue assim e creio que todos nós alcançaremos resultados positivos muito em breve, mesmo que muitas sejam as correntes adversas que trazem e inserem o mal àqueles que buscam justiça.

    Abraços,

    Tenente Poliglota...
    POLICIAL BEM REMUNERADO, ESTADO BEM POLICIADO!
    JUNTOS SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria das pessoas que entram aqui são sempre as mesmas, ou seja, entendo que não há um grande alcance ao público policial.

      Sugiro que divulguem ao máximo esse trabalho feito em redes sociais, ou então teremos um grupo de poucas pessoas debatendo um assunto que é de interesse de milhares, e chegaremos em lugar algum.

      Excluir
    2. Companheiro anônimo 25 de setembro de 2012 12:42, concordo com vc. Além do mais temos que divulgar no ambiente de trabalho também. Trabalho numa guarnição de antigões que não acessam as redes sociais nem por reza. Vivo falando pra eles as novidades e, agora, tentando plantar a semente da desmilitarização na cabeça deles. Vamos divulgar galera. Juntos somos fortes...

      NOVINHU DA BPRV

      Excluir
    3. ENTÃO, CONCORDO QUE BOA PARTE DOS QUE ACESSAM SÃO OS MESMOS!!

      PORÉM, ALÉM DE CONTARMOS COM O FAMOSO BOCA-A-BOCA..
      O NMU, PRODUZIU UM JORNAL COMO SE FOSSE UM DESTES QUE ENTREGAM NOS SINAIS..
      OU SEJA, A INFORMAÇÃO ESTÁ SENDO JOGADA.. SÓ NÃO TOMA CONHECIMENTO QUEM REALMENTE NÃO QUER!! OU SE RECUSA A TIRAR A VISEIRA DA CARA.. E LOGO, FICAR ETERNAMENTE COMO UM ASNO QUE SÓ CARREGA OS OUTROS NO LOMBO!!

      DETALHE, FUI NA SEMANA PASSADA NAQUELA SEÇÃO QUE FICA DPAD, CADASTRO, E ETC.. E VI ALGUNS COM ESTE JORNALZINHO DO "NMU"!!!


      NOVINHU
      legalidade totoal

      Excluir
  14. Caso de menor que matou irmão de 2 anos gera debate sobre Justiça nos EUA

    Um caso de direito penal envolvendo um menor na Flórida está causando um amplo debate nos Estados Unidos que vai além de questões jurídicas, fazendo a sociedade questionar o conceito de Justiça.

    Cristian Fernandez, 13, está sendo julgado como se fosse maior de idade por um tribunal do distrito de Duval County por dois crimes cometidos em 2011.

    O menino é acusado de ter matado por espancamento seu meio-irmão David, 2, e de ter atacado sexualmente seu outro meio-irmão, um menino de 5 anos.

    Se Cristian for condenado por homicídio doloso, ele pode receber pena de prisão perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional. O caso chamou atenção não apenas pela idade de Cristian, mas também pelo passado de abusos e de violência a que o próprio acusado foi submetido no ambiente familiar ao longo de sua vida.

    ISSO CHAMA-SE JUSTIÇA! E JUSTIÇA NUM PAÍS SÉRIO QUE LEVA A SÉRIO A VIDA DE SEU CIDADÃO, SEJA ELE QUEM FOR.

    COPIA BRASIL!!!!!!!

    ResponderExcluir
  15. ISSO É JUSTIÇA. A IMAGEM QUE EXISTE EM FRENTE AO STF DEVERIA SER DOADA PARA OS EUA. COMBINARIA MELHOR.

    ResponderExcluir
  16. Aos desavisados de plantão.

    Delegados e agentes da PC, pararam de dar entrevista no DF alerta, Fred já está defendendo a PC, enquanto o PM vibrar e ficar dando entrevista não chegaremos a lugar nenhum.

    ResponderExcluir
  17. Agradecemos a você Halk pela colaboração na causa da busca da volorização de nós profissionais. Mas vou tecer uma crítica construtiva e uma indagação. As ações, esclarecimentos, informações são melhores difundidas quanto se tem mais canais para escoá-las e, principalmente, quando há uma interação entre eles. A pergunta é, por que o blg do Ten Poliglota e mesmo a Tribuna Militar Digital não fazem parte da sua lista de blogs? Lá a recíproca não é verdadeira. Obrigado pela oportunidade.

    1º SGT INDIGNADO
    NMU

    ResponderExcluir
  18. IDEIA GENIAL, CADA SETORIZADA DEVERIA TERMINAR COM PASSEATA ATÉ O BATALHÃO LOCAL.

    ResponderExcluir
  19. Parafraseando Darwin.

    "Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”.

    A PMDF está mudando, se os *** não se adequarem aos novos tempos, serão engolidos e esquecidos.

    Militarismo e rde logo será matéria de museu, a PMDF e a civil serão um órgão só que atenderá os anseios da sociedade.

    Oficiais, corram atrás ou vcs ficarão no passado.
    #ficaadica

    T.Ghost

    ResponderExcluir
  20. JÁ DIZIA O CAPITÃO NASCIMENTO:

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    ResponderExcluir
  21. JÁ DIZIA O CAPITÃO NASCIMENTO:

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR

    ResponderExcluir
  22. JÁ DIZIA O CAPITÃO NASCIMENTO:

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR.

    A PMDF TEM QUE ACABAR

    ResponderExcluir

  23. procure-nos Mendonça Prado, faça debates nos quartéis, seja um transformador, mude essa Policia de mentirinha.

    Mendonça Prado é Advogado, Mestrando em Direito Tributário pela Universidade Católica de Brasília, Deputado Federal por Sergipe, Presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados e Vice-Presidente do Democratas.

    ResponderExcluir
  24. Há cerca de tres meses atrás amigos uma guarnição do ?? BPM conduziu um sargento com problemas mentais a uma DP para ser autuado por furto( acredite o cara estava tão doidão que tentou levar dois DVD de filmes ridículos que não serviam nem para jogar na lata do lixo de tão ruim), mas como sempre nestas situação começaram a surgir oficiais atrás de oficiais na DP querendo a crucificação do infeliz, e agindo como lobos babavam esperando ansiosamente que ficasse preso e tivesse toda sua trajetoria na polícia manchada, apesar da loucura, para depois ser levado ao xadrez e responder de acordo com o majestoso RDE das forças armadas.
    Felizmente, os abutres que pensavam assim se feraram já que os agentes, que alguns tapados insistem trata-los como inimigos, perceberam a confusão mental que o Sgt se encontrava, pra não dizer doido varrido, e mostraram isso aos Delegados que agindo com humanidade entederam a situação e contrariando os dono de uma livraria do parkshopping que exigia justiça a todo custo enquadraram o coitado apenas no crime de furto de coisa insignificante, fato que permitiu que após pagamento da fiança ser solto na hora.
    E acreditem amigos todos praças que estiveram lá foram ou tentaram ser solidarios contribuindo para pagar 600,00 de fiança, já que o SGT doidão não tinha dinheiro nem para passagem, mas perguntem se algum oficial contribui com o miserável?
    Fica mais uma lição, apesar de trabalharmos cotidianamente com determinada classe de pessoas estas não merecem consideração nenhuma, ja´que na hora que vc mais precisar certamente será tratado como um bandido apesar do seu estado metal clamar por misericórdia.

    ResponderExcluir
  25. HALK, MEU FIO...

    FAZ UMA ENQUETE AQUI, POR FAVOR?!
    COM O SEGUINTE TEMA:

    1) HOJE SE VOCÊ PUDESSE PEDIR RR, IRIA OU NÃO??

    2) COM A APROVAÇÃO DOS 25 ANOS PRA IR PRA RR, VOCÊ IRIA OU NÃO?? POIS JÁ TEMOS JURISPRUDÊNCIA NA PMGO, PMSP, OS TEC/AG PENITENCIÁRIOS..

    3) O QUE VOCÊ FAZ NA SUA HORA DE SERVIÇO E NAS FOLGAS:
    A) ESTUDO PRA SAIR LOGO DA PM, PORQUE AQUI JÁ DEU - TO FARTO COM TUDO;
    B) SE PUDESSE NEM TIRARIA A FARDA, PORQUE TO VIBRANDU;
    C) NÃO VEJO A HORA DE IR PRA RR - E PESCAR;
    D) QUERO PASTAR E LEVAR TAPA NA CARA;
    E) QUALÁ PERGUNTA?



    NOVINHU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mal entrou e ja ta assim ... tambem esse ai se criou tomando todynho no colo da vovó ...

      Excluir
    2. ao 16:25

      já vindo de berço fio!!
      além de ter deixado alguns anos no EB, também já trabalhei muito na iniciativa privada.. logo, estou aqui apenas de passagem..
      detalhe!! esta turma que entrou (CFP1/2), querendo ou não.. a média de idade era no mínimo 29 anos!!
      ou seja, alguns eram sim todynho.. já boa parte, não!!
      até queria ficar os 30 anos!!
      porém, do jeito que anda as coisas..
      só frustração atrás de frustração!!
      o melhor é papirar pra vazar!!
      dúvidas?! acorda!! eu já acordei!!

      ps: esta mentalidade de ser o antigão, fodão.. pra mim não quer dizer porra nenhuma!! porque pra não quer dizer nada.. ou seja, tanto o novinhu aqui como o antigão que se diz safo.. está se fudendo!! só não aceita a realidade quem não quer!!rs



      NOVINHU
      legalidade total

      Excluir
    3. isso mesmo estude e passe, não precisamos de novinhos por aqui, a pm nao precisa de idiotas que nem sabem abordar e só atrapalahm o serviço que estamos caducos de fazer bem ... só sabem reclamar e querer sombra ... nem de vtr vcs deviam estar rodando ... deviam ta no p.o bando de imprestaveis ... não respeitam a antiguidade nem ninguem ...

      Excluir
    4. Eu disse ACÉFALO aos antigões vibradores.

      Excluir
    5. tá vendo do porque é complicado lutar por melhorias enquanto muitos pensam desta forma!! ou seja, uma mentalidade tão porca como esta.. chega a ser medíocre!! pois é um pensamento tão pobre, que só soma mais atrasos num todo.. digo isso porque!! se todos aqui pensassem em ajudar.. evoluir.. dá melhores condições de trabalho, salarial e etc.. sem dúvidas esta porra seria bem melhor!! mais infelizmente o que mais vejo.. é uns pobres de espíritos que passaram no mínimo 10 anos só se fudendo (todos frustrados, angustiados, perdidos, pois ainda tem neguinho que não saiu CB da última turma de nível médio) e pensa que está tudo mil maravilhas!! e vem com o velho bordão do "militarismo": se eu me fudi a vida toda.. porque o novinhu tem que se dá bem?!".

      resumindo, por conta desta sua limitação mental e até mesmo psicológica.. estamos vivendo uma das piores, senão dizer a pior fase da PMDF desde 1809!!

      senhores, vamos acabar com este ciclo vicioso de querer o mau do próximo.. de desejar coisas ruins e etc.. devemos buscar "sim", melhorias pra todos!! TOOODOOOOSSSSS!!! se eu infelizmente passei por maus bocados no passado, não quero isso pra mim agora e nem pros próximos!! ou seja, melhorando as condições profissionais.. salariais.. pra "TODOS", todos saem ganhando!! deixem de pensar no próprio umbigo!! exemplo claro, não é porque você não teve oportunidade de estudo e etc.. que vai desejar a mesma coisa pro seu filho!! ACORDEM!! "viram a lógica?!" pois bem.. é assim que vejo o todo!! porém, se infelizmente boa parte do cesto não tem solução.. podem me considerar a parte pobre por pensar diferente!!

      fico triste por ver isso acontecer nos dias de hoje..
      infelizmente, muitos realmente merecem ser tratados com desprezo.. indiferença.. por agirem assim!!
      e querendo ou não, infelizmente este é o estigma do "militarismo" em que prega o ciclo da inveja.. da intriga.. da injustiça e segue relação!!
      ou seja, é do militar: "ele não pode ver ninguém melhor do que ele, seja no que for.. que faz de tudo para derrubar o próximo, mesmo não obtendo nada em troca.. apenas o prazer de ver o próximo se fudendo mais do que ele um dia se fudeu".

      e triste.. mais é a pura verdade!!
      podem retirar o nome "militar"....
      porém, enquanto muitos não pensarem de forma "coletiva", de nada vai adiantar!! NADA!! duvido se nunca ouviram a piadinha do militar no inferno??
      senão ouviram, pesquisem.. que verá o mau que vocês mesmo fazem a si e a todos a sua volta!!



      NOVINHU

      Excluir
    6. anônimo das 17:17, nem sei se vc é praça mesmo ou se está aqui só querendo fazer discordia. Mais se for praça antigão como diz ser vc é uma vergonha pra corporação. Pq se pensa dessa forma tem mais é que comer capim e lamber sal. Não é hora de ficar atacando um e outro ou desunindo a classe. É hora de união companheiro. A merda pro praça atinge ao "antigo" e ao mais moderno também. UNIÃO companheiro. UNIÃO.

      Excluir
    7. Antigão vc é uma ameba e por isso os praças da PM são tratados com desrespeito por todos .. seu burro de carga !! Garanto que abordamos e sabemos tanto quanto ou muito mais que vc .. pois vc so aprendeu a faxinar e as palavras "antigo, operacional, vibrador" ... você só queima o filme da PMDF la fora, pois não tem consciencia intelectual para refletir, por isso vc parou no tempo ! mentalidade de 20 anos atrás. seja humilde pois na verdade vc é um burro de carga.

      Excluir
    8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    9. Eu estou contigo novinho eu sou antigo e reconheço, existe antigo assim, e tomara que pessoas com este pensamento, não contamine o restante dos antigos, apesar de ter outros que pensam como ele. Mais deixemos eles pra lar em todas categorias existem pessoas como esses pensamento retrógado, que infelizmente faz parte de nossas fileiras.

      Excluir
  26. São sebastião está em destaque.

    Por lá a criminalidade é só subindo e não vai parar de subir enquanto não trocar a comandante. É uma oficial que vive ainda nos anos 80 e que não há qualquer possibilidade de
    diálogo com ela, tudo se resolve e se resume em punições e mais punições.

    A cidade está tão largada e entregue ao crime que os vagabundos estão AMEAÇANDO MATAR MAIS POLICIAL MILITAR, AGORA FARDADO E EM SERVIÇO, PARA MOSTRAR QUE NÃO TEMEM A POLÍCIA E QUE É ELES QUE MANDAM NA CIDADE.

    A comandante, por sua vez, nega que essa ameaça está sendo veiculada na cidade e obriga policiais a montarem pontos de bloqueio com o efetivo de 02 ou 03 policiais, expondo ainda mais o já ameaçado e desmotivando ainda mais o já desmotivado policial militar que tenta trabalhar, ou sobreviver, em São Tião.

    Ela sabe que caso isso venha a acontecer, muito dificilmente será ela a vítima desse crime, assim, se morrer um policial coloca-se outro no lugar e tá tudo certo, assim como aconteceu com o CB M. César, que ela ameaçou punir os policiais que tentassem de alguma forma levantar informações sobre a autoria do crime, disse que o PM não sabe fazer isso e se inventasse iria atrapalhar o que está sendo feito pela PC, e se ela soubesse de alguém que estivesse fazendo isso (levantamentos) iria punir exemplarmente.
    A final, somos a penas um número e nada mais.

    TÁ MUITO DIFÍCIL EM SÃO SEBASTIÃO: NA RUA A AMEAÇA É REAL DE A QUALQUER MOMENTO UMA VTR, COM DOIS POLICIAIS, SE DEPARAR COM UM GRUPO DE VAGABUNDO QUERENDO MATÁ-LOS PARA DEMONSTRAR PODER FRENTE AOS GRUPOS RIVAIS (UMA CASINHA);

    NO QUARTEL SOMOS MASSACRADOS DIARIAMENTE POR UMA COMANDANTE QUE NÃO SE CANSA DE PUNIR POLICIAIS POR QUALQUER COISA, AINDA QUE O POLICIAL DEMONSTRE QUE A SUA AÇÃO FOI LEGÍTIMA, ELE NÃO ESCAPA DA PUNIÇÃO.

    SE O ENCARREGADO DA APURAÇÃO SUGERIR QUE O PROCEDIMENTO SEJA ARQUIVADO POR FALTA DE PROVA OU INEXISTÊNCIA DO FATO, ELE TAMBÉM É PUNIDO POR INCOMPETÊNCIA OU CONIVÊNCIA.

    E ASSIM SEGUE A DURA VIDA DOS POLICIAIS DE SÃO SEBASTIÃO. PEÇO A DEUS TODOS OS DIAS PARA QUE UMA NOVA TRAGÉDIA NÃO VOLTE A ACONTECER NAQUELA CIDADE. OS POLICIAIS ESTÃO EXTREMAMENTE NERVOSOS COM O SERVIÇO DE RUA E PROFUNDAMENTE ESTRESSADOS COM O COMANDO DA UNIDADE.

    NUVENS NEGRAS ESTÃO PARADAS SOBRE AQUELA REGIÃO, E JÁ FAZ MUITO TEMPO, E NADA MUDA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O NOME DELA É TC DENISE ,E PASMEM FOI PRAÇA DA 1º TURMA DA CPFEM, SE NÃO TIVESSE PASSADO NA PROVA SERIA "SUBONA", E AGORA FICA COM ABUSO DE AUTORIDADE COM A TROPA CANSADA DE TANTA COVARDIA, POR PARTE DE SUPERIORES HIERÁRQUICOS , AUTORIDADES E PARLAMENTARES ELEITOS PARA SUA DEFESA...É TRÁGICO.

      Excluir
  27. ALMANAQUE ATUALIZADO :: 24SET12 :: (ambos)

    QOPMA :: CLAROS/VAGAS

    MAJ - 03
    CAP - 07
    1 TEN - 65
    2 TEN - 57

    - - -

    QPPMC :: CLAROS/VAGAS

    ST - 28
    1 SGT - 73
    2 SGT - 19
    3 SGT - 00
    CB - 04
    SD - 3627*


    * já desconsiderando o pessoal que não foi promovido apenas por mero capricho da PM, pois já tenho conhecimento que mesmo tendo ordem pra promover.. muitos não foram ainda, porque a PM se acha dona da razão e blábláblá e que só vai promover se TRANSITAR EM JULGADO!! e o pior, não vai pagar os retroativos!! ABSURDO!!


    FIQUEM DE OLHO!!
    A PROMOÇÃO DE DEZEMBRO ESTÁ CHEGANDO..


    NOVINHU

    ResponderExcluir
  28. BRCG n0 049, de 17SET12
    PORTARIA PMDF RESERVADA Nº 810 DE 05 DE SETEMBRO DE 2012

    Aprova o Quadro de Organização e Distribuição de Efetivo da Polícia Militar de Distrito Federal.

    O COMANDANTE-GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL, no uso da competência prevista no artigo 4º da Lei Federal n° 6.450 / 1977, combinado com inciso IV do artigo 3º do Decreto Federal nº 7.165 / 2010, e Considerando o previsto no Art. 3º da Lei nº 12.086, de 06 de novembro de 2009, que atribui ao Comandante-Geral a competência para a distribuição do pessoal ativo da Polícia Militar do Distrito Federal no Quadro de Organização da Corporação.

    RESOLVE:

    Art. 1° Aprovar o Quadro de Organização e Distribuição de Efetivo – QODE da Polícia Militar do Distrito Federal, conforme Anexo a esta portaria, contendo 533 (quinhentas e trinta e três) folhas, distribuídas em 03 (três) volumes, sendo o volume I com 203 (duzentas e três) folhas, o volume II com 204 (duzentas e quatro) folhas e o volume III com 126 (cento de vinte e seis) folhas.
    Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
    Art. 3º Revoga-se a Portaria PMDF Reservada nº 614, de 29 de dezembro de 2008.

    SUAMY SANTANA DA SILVA – CEL QOPM
    Comandante-Geral



    NOVINHU

    ResponderExcluir
  29. PORTARIA PMDF Nº 815 , DE 14 DE SETEMBRO DE 2012.

    Autoriza o emprego na atividade fim do policial militar, que se encontra no serviço ativo por força de decisão judicial, por ter sido contraindicado no exame psicotécnico.

    O COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL, no uso da competência prevista no artigo 4º da Lei Federal n° 6.450/1977, combinado com inciso IV do artigo 3º do Decreto Federal nº 7.165 / 2010; e Considerando que o policial militar matriculado sub judice, após ter sido considerado inapto no exame psicotécnico, concluiu com aproveitamento o Curso de Formação de Praça - CFP; Considerando todo policial militar ao concluir o CFP está habilitado e capacitado a exercer plenamente qualquer atividade ou função de atividade fim, não especializada; Considerando que a maioria dos policiais militares sub judice está nessa situação por terem sido contraindicados no exame psicotécnico; Considerando a defasagem do efetivo disponível na atividade fim, em razão do aumento de efetivo estabelecido na Lei nº 12.086, de 06 de novembro de 2009; Considerando que o art. 14, § 2º do Decreto nº 6.944, de 21 de agosto de 2009, que dispõe sobre normas gerais relativas a concurso público, estava assim redigido: “é vedado a realização de exame psicotécnico em concurso público para aferição do perfil profissiográfico [...]”; Considerando que o Decreto nº 7.308, de 22 de setembro de 2010, que dá nova redação ao art. 14 do Decreto nº 6.944/ 2009 estabelece que a finalidade da avaliação psicológica é “aferir a
    compatibilidade das características psicológicas do candidato com as atribuições do cargo”; Considerando que os policiais militares sub judice, em razão do exame psicotécnico, foram submetidos ao estágio probatório, tendo sido aprovados sem restrição; Considerando que durante o estágio probatório não se detectou qualquer anomalia ou transtornos de personalidade que inviabilizassem o exercício da atividade fim; Considerando as reiteradas decisões judiciais que têm determinado à Corporação empregar o policial militar beneficiado pela decisão do Poder Judiciário sem qualquer restrição ou
    descriminação; Considerando, por fim que todos os policiais militares sub judice, além de concluírem com aproveitamento o CFP têm apresentado excepcional conduta e desempenho profissional nas atividades que têm sido empregados.

    RESOLVE:
    Art. 1º Autorizar o emprego na atividade fim do policial militar, que se encontra no serviço ativo por força de decisão judicial, por ter sido contraindicado no exame psicotécnico, desde que aprovado no Curso de Formação de Praça - CFP e no Estágio Probatório sem contraindicação.
    Parágrafo único. O emprego na atividade fim compreende também o emprego no Serviço Voluntário Gratificado – SVG.
    Art. 2º O policial militar objeto desta portaria deverá ser empregado na atividade fim acompanhado de um graduado.
    Art. 3º Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação.
    Art. 4º Revogam-se os seguintes dispositivos:
    I – inciso I do art. 3º, da Portaria PMDF nº 765, de 06 de fevereiro de 2012; e
    II – Inciso I do art. 2º, da Portaria nº 433, de 23 de Novembro de 2004.

    SUAMY SANTANA DA SILVA – CEL QOPM
    Comandante-Geral



    NOVINHU

    ResponderExcluir
  30. ANTIGÃO DAS 17:17, VOCE É UM PUXA-SACO, UM PUCHADOR DE CARROÇA UM COMEDOR DE CAPIM, APROVEITA E ESTACIONA NA ESPLANADA, ESTA ÉPOCA COM ESTA BRISA QUE ESTÁ CAINDO NAQUELE GRAMADO DEVE ESTÁ MUITO SABOROSO, SEU HIPÓCRITA, CAIA NA REAL, EU SOU ANTIGO FALTA 02 (DOIS) ANOS PARA A MINHA RR, NÃO VEJO A HORA DE IR EMBORA, E VOCE FICA AÍ COMO UM CAVALO, SE VOCE NÃO PENSA EM TI PENSE NA SUA FAMILIA, EU QUANDO ENTREI NA PM TIVE UMA GRANDE ILUSÃO, NÃO ERA O QUE EU IMAGINAVA, DEPOIS DE UNS 03 ANOS FIZ ALGUNS CONCURSOS, MAS INFELIZMENTE NÃO PASSEI, FALTOU MAIS UM POUCO DE EMPENHO DA MINHA PARTE, E AÍ ESTOU, PAREI DE FAZER OS CONCURSOS E ESTOU QUASE APOSENTANDO, NA ÉPOCA DO GOVERNADOR ARRUDA APROVEITEI E FIZ O TECSOP.
    GOSTARIA DE PEDIR AOS NOVINHOS QUE AINDA QUEREM ESTUDAR, VÃO EM FRENTE, MUITOS USAM A PM COMO UM BICO, SEJAM INTELIGENTES E SAIAM PARA UM OUTRO ORGÃO QUE OS VALORIZE PORQUE A PM É DISSO PRA PIOR, ENQUANTO O MILITARISMO NÃO CAIR SEREMOS ISSO AÍ. TCHAUUUUUU.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM, MUITO BOM!!

      "a semente há de germinar.. neste solo podre de tudo!!
      nada é impossível para aquele que não se deixa abalar.."

      resumindo, enquanto estiver aqui, farei de tudo um pouco pra ajudar a melhorar minhas condições de trabalho e principalmente salarial, porque não?! pois querendo ou não, atualmente este é o meu lugar de trabalho (pra alguns mais bico do que trabalho, pois quase 6 anos sem nada.. se o cara não der seus pulos, coitado - detalhe, no passado não muito distante era o contrário)!! e aquele que gosta de conviver na merda.. num lugar impróprio.. falta de tudo.. e achar isso normal?! me desculpe.. gosto de sentir-me bem!! se quem acha que isso é errado... só lamento!! você já morreu e não sabe!!


      NOVINHU

      Excluir
  31. O fim do militarismo abre perspectiva para a RACIONALIDADE ADMINISTRATIVA em todos os sentidos. Isto significa dizer que as decisões desde as mais simples às mais complexas não poderão, doravante, ser tomadas com base na "vontade pessoal" ou no "achismo".
    Com relação às interrelações profissionais, o fim do militarismo abre ainda outras perspectivas importantes, como a possibilidade de o subordinado dizer ao seu superior que ele (superior) está fazendo ou tomando uma medida equivocada, fato impensável e inadmissível no meio militar.
    Para tanto até existe uma tipificação regulamentar a saber - "criticar ato superior", considerada transgressão disciplinar.
    Verdadeiro absurdo na administração pública, haja vista que os militares, sobretudo oficiais, NÃO SÃO DONOS DA POLÍCIA e, sim, simples servidores públicos que devem zelar pela eficiência administrativa conforme preconiza a CF/1988 e a Lei 8.666/1993 além de outros dispositivos.
    Outro fator importante está vinculado ao chamado "assédio moral" que se tipifica pela manipulação perversa ou pelo terrorismo psicológico.
    Para Guedes (2003, p. 33) o assédio moral está assim definido: "Todos aqueles atos e comportamentos provindos do patrão, gerente, superior hierárquico ou dos colegas, que traduzem uma atitude de contínua e ostensiva perseguição que possa acarretar danos relevantes às condições físicas, psíquicas e morais da vítima".
    Para Margarida Maria Silveira Barreto (2000), Médica do Trabalho, professora e pesquisadora da UNICAMP, assédio moral no trabalho assim se define:
    É a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções, sendo mais comuns em relações hierárquicas autoritárias e assimétricas, em que predominam condutas negativas, relações desumanas e aéticas de longa duração, de um ou mais chefes dirigida a um ou mais subordinado(s), desestabilizando a relação da vítima com o ambiente de trabalho e a organização, forçando-o a desistir do emprego".
    Você policial já ouviu a frase -"Quem não está satisfeito que saia da PM, tem um monte de gente querendo!";
    - "Quem quiser estudar que saia da PM!";
    - "Se não está achando bom, saia da PM, vá ser um profissional autônomo!";
    As respostas à estas afirmações é: - "vou te denunciar junto à Delegacia Regional do Trabalho por assédio moral!".
    Preferêncialmente grave ou filme o ato, haja vista a dificuldade de conseguir testemunhas, lembre-se que ninguém poderá se negar a testemunhar uma ilegalidade, todavia, tente sensibilizar seus colegas no sentido de buscar a Justiça.
    Outro lugar em que a denúncia pode ser feita é no Ministério Público Federal (para que provoque e oriente o órgão correto a acolher a denúncia), caso haja dificuldades de registrar o ocorrido noutras instituições.

    ResponderExcluir
  32. CALMA MEUS JOVENS, PREZADOS COMPANHEIROS DE FARDA; DE FATO OS TEMPOS SÃO OUTROS A DESMILITARIZAÇÃO NÃO É UM FATO VÃO PERMANECER OS ALICERCES DE UMA INSTITUIÇÃO "HIERARQUIA E DISCIPLINA", COMO BEM DESCREVE O RDE; PODEM ATÉ SONHAR EM MUDAR, MAIS A ÚNICA COISA QUE VAI MUDAR É A SIGLA POLICIA MILITAR, SUPRIMINDO A PALAVRA "MILITAR" PASSANDO A SER CONHECIDA COMO POLÍCIA "CIDADÃ", NÃO SERÃO REALIZADAS AS MODIFICAÇÕES FUNDAMENTAIS, NA DOUTRINA, FORMAÇÃO, APERFEIÇOAMENTO, PREPARAÇÃO E EMPREGO, BEM COMO O CURRÍCULO E OS REGULAMENTOS (RDE), MAS SEMPRE ESTAREMOS A SERVIÇO NÃO SÓ EM DEFESA DO PATRIMÔNIO E DAS INSTITUIÇÕES, MAS PRINCIPALMENTE EM DEFESA DA VIDA E LIBERDADE DO CIDADÃO; OU NOS ADAPTAMOS AS NOVAS REGRAS OU PROCUREM OUTRA PROFISSÃO, MAS NÃO CONTINUEM A MENOSPREZAR NOSSOS SUPERIORES E MUITO MENOS NOSSA INSTITUIÇÃO QUE DEVE ESTAR ACIMA DE NOSSAS VAIDADES E OU AMBIÇÕES. ENTÃO COMPANHEIRO E MEUS AMIGOS SUBORDINADOS, ATÉ AGORA NÃO FOI FALADO QUE FOI O IDEALIZADOR DA PETIÇÃO, ESTOU ESPERANDO. ESPERO QUE VOCÊS AJUDEM A DESCOBRIR ESTÁ PESSOA, PARA ASSIM PODERMOS CONVERSAR COM ELA E MOSTRAR - LHE QUE A PMDF NÃO É UM LUGAR TÃO RUIM ASSIM. OK?

    ResponderExcluir
  33. COM PAULO TADEU PARA TCDF, DEP. PATRICIO ACHA QUE VAI PARA FEDERAL EM 2014, CONTA UM ASSESSOR DELE, É SER MUITO CARA DE PAU, COM VOTO DE QUEM DO GAMA. BOA SORTE.

    ResponderExcluir
  34. HÁ PATYTY QUER SER DEP. FEDERAL EM 2014, TÁ BRINCANDO NUNCA SERÁ COM VOTOS DA GLORIOSA E BM.

    ResponderExcluir
  35. Enquanto na PM tiver os praças imbecis que estão espalhados aos montes, nada mudará. Quando vejo um jumento dando entrevista e outros perfilados (fazendo cara de mau) só não quebro a TV porque tenho que comprar outra.

    Porra bando de comédia parem com isso. Sabe porque não vai sair aumento para ninguém, nem para civil? Por causa de elementos que nem vocês! O GDF está cagando para o aumento, tanto da civil quanto da PM, porque sabe que tem um monte de praça cagalhão que está segurando as rédias.

    Deixa a porra desse "cavalo louco" desembestar de uma vez, somente assim seremos vistos de alguma forma.

    E pro amigo aí de cima, com todo respeito, a instituição é que menospreza seus servidores e os trata com desdém, então com todo respeito enquanto não mudar faço que nem ela, o tratamento é recíproco. Fica bonita falar:=] "a instituição está acima de vaidades", mas não está acima das minhas necessidades e das necessidades da minha família, então, com todo respeito, estou cagando.

    Tentei ao máximo ser um trabalhado de 1ª (como muitos aqui tentaram também), mas tudo tem limite. Então na proporcionalidade de tratamento que recebo reflete no meu desempenho.

    ResponderExcluir
  36. Caros Policiais deixem de dizer palavras de baixo calão. Esse é um dos motivos que essa PM não vai pra frente. Enquanto existir esses quarta-séries e r2 vai ser difícil mudar.

    ResponderExcluir
  37. PARA O DEP. PATRICIO SER ELEITO DEP. FEDERAL VAI TER QUE TRABALHAR MUITO, SÓ ENGANAÇÃO MEUS 160 VOTOS QUE JOGUEI FORA E GASTEI MINHA GASOLINA NUNCA MAIS. MESMO ELE FAZENDO ALGUMA COISA NÃO MERECE MAIS, POIS ELE E AGNELO HUMILHOU MITO OS PRAÇAS.

    DIA 24/10 PRECISAMOS DE UNIÃO PARA RADICALIZAR MAIS.

    ResponderExcluir
  38. Alguém já viu papa charle dando entrevista a radio tv ou jornal? somente os delegados,meus colegas larguem de ser trouxas e comédias,deixem estas entrevistas para o seu chefe ( cmt do batalhão,ele vai ler a ocorrência e falar o que bem entender)agora fica estes especiais da vida dando esta de operacional e missão cumprida, e devendo BRB,BMG,BB,CEF,agiota etcccccccccccccc,daqui uns meses o sei dinheiro não vai dar nem para comprar o feno para vcs se alimentarem. ASS KOBRA KAN.

    ResponderExcluir
  39. Por Marcelo Semer


    Entre as várias discussões que a greve das PMs vai levantar, uma delas certamente será a desmilitarização da segurança.
    Apesar de décadas acostumados ao trato e às posturas militares, em algum momento voltaremos à questão central: o policiamento é essencialmente uma atividade de natureza civil. Nada há de militar no ato de policiar, seja ele ostensivo ou investigatório.

    A dinâmica militar tem como princípio a defesa bélica do país, diante de seus inimigos, em estratégias de guerra e defesa territorial. Não a de proteger direitos de cidadãos violados ou ameaçados por conterrâneos.

    Essa lógica enviesada que os anos de ditadura nos fizeram crer como natural já não resiste sequer a argumentos circunstanciais.
    Muito além do controle estrito que se poderia esperar de uma tropa forjada na disciplina, as Polícias Militares têm demonstrado um alto índice de violência. Chegam a ser responsáveis por quase 1/5 dos homicídios no país, sem contar a proliferação de corpos encobertos por autos de resistência.
    Como exemplos dos grandes centros têm nos mostrado, nem a hierarquia militar nem a formação em quartéis impedem a promiscuidade de vários de seus agentes com o crime organizado.

    E apesar de todas as proibições legais e constitucionais, fundadas justamente no caráter militar, os PMs se mostraram muito mais articulados sindicalmente do que outros funcionários sobre os quais não recaem tantas vedações.

    Do quê, afinal, o militarismo da polícia tem nos salvado?
    A formação militar é pouco permeável às aparas cotidianas de uma democracia, como manifestações de movimentos estudantis ou sociais.
    Grupos de extermínio ou milícias têm nascido dentro de seus quadros, sem que os comandos, por mais rigorosos que sejam, consigam evitar. A ideia de criação de pequenos exércitos locais, que é base da noção de polícia militar, mais estimula do que repele o nascimento de tais esquadrões.

    A incipiência dos salários, por sua vez, jogou parcelas significativas da carreira na prática de "bicos" no setor privado, produzindo uma contraditória terceirização da segurança levada a efeito pelos próprios agentes do Estado

    Por fim, a divisão das polícias só alimenta conflitos internos, com corporativismos que não raro se enfrentam.
    O saudoso Mário Covas, que estava longe de ser um revolucionário ou anarquista, começou seu governo em São Paulo propondo justamente a integração das polícias como primeiro passo para a unificação.

    Com o tempo, todavia, o tema foi alojado entre aqueles entulhos autoritários que mandamos para debaixo do tapete.
    A militarização da polícia foi levada ao paroxismo com a criação de uma justiça própria para julgar policiais e bombeiros. Depois do episódio do Carandiru, a competência para apurar homicídios por eles praticados, por motivos óbvios, foi excluída da Justiça Militar.
    A desmilitarização não resolveria todos os problemas.

    Continuaria sendo inaceitável, dentro de um estado democrático, qualquer tipo de manifestação armada, por mais justas que sejam suas reivindicações.
    Mas, além de coerente com a democracia, ela impediria que essa articulação nacional, que vem se revelando desde a greve da Bahia, desemboque em uma delicada questão militar, como outras que já embaralharam nossa história política.

    Os experientes e preparados policiais, que formam a maioria do corpo, certamente saberão exercer suas funções sob a disciplina civil.
    Continua sendo um paradoxo, todavia, que os PMs sejam tratados como essenciais apenas nos deveres, não na remuneração, caso de outros profissionais como os área da saúde e da educação.

    Pouco a pouco os servidores compreenderão a necessidade de concentrar esforços na discussão dos orçamentos, onde se elegem as prioridades e se reparte o bolo.
    Quem sabe nessa hora possamos discutir ao mesmo tempo dos reajustes, o custo das emendas parlamentares ou o dinheiro desperdiçado na comunicação, quando pagamos aos governos para que façam propaganda para nós mesmos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo Semer é Juiz de Direito em São Paulo. Foi presidente da Associação Juízes para a Democracia. Coordenador de "Direitos Humanos: essência do Direito do Trabalho".

      Excluir
    2. parabéns ótimo texto,a desmilitarização é a solução para segurança publica policial valorizado segurança em boas mãos.24\10 todos na praça do relógio,nossa união nós levará a vitória...10milhão desmotivado e confiante na desmilitarização.

      Excluir
  40. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  41. Por Tani Bottini

    O jugo da Imprensa

    A condução de informações relevantes para atacar ou beneficiar algum grupo, induzindo o cidadão a apoiar ou negar algum fato é reprovável. É preciso que a imprensa atue sem direcionamentos, fazendo apenas com que o cidadão pense, analise e avalie cada situação posta.

    Todos nós sabemos a força que a imprensa tem e também sua importância para o desenvolvimento de uma sociedade livre e democrática. Uma imprensa livre mobiliza os cidadãos e fiscaliza o poder público. Ela trabalha levando a todos as situações relevantes do país e do mundo, trata da economia, da política, da cultura e de todos os demais assuntos que nos interessam cotidianamente. Às vezes, inclusive, nos alertam para problemas que requerem soluções urgentes e dos quais sequer tínhamos noção da magnitude. Podemos dizer sem medo de errar que a imprensa tem um papel relevante na formação da cidadania de um país.

    Diante desta imensa responsabilidade, é importante que ela esteja acima de qualquer manipulação de idéias ou fatos, porque se assim não for estará ameaçando valores que são essenciais numa sociedade democrática como a nossa. A condução de informações relevantes para atacar ou beneficiar algum grupo, induzindo o cidadão a apoiar ou negar algum fato é reprovável. É preciso que a imprensa atue sem direcionamentos, fazendo apenas com que o cidadão pense, analise e avalie cada situação posta. E é com base nestas premissas que me disponho a alertar sobre as dificuldades que a imprensa vem impondo ao trabalho da Polícia... Ela, com base no seu grande poder de intimidação, tenta impor seu jugo, deturpando notícias e situações, que por sua vez, levam a sociedade a uma visão equivocada do trabalho policial...

    ResponderExcluir
  42. novamente os oficiais estão com o c.....na mão com medo da desmilitarização,e os delegas assumirem geral,estarei indo embora daqui a 2 anos,mas se esta porra passa a ser cana de verdade acho que terei mas 10 anos de cana,cana de verdade!!!!nao esta bosta de pm.acorde agnulo,deputadinho de bosta nunca mas voces serão eleito para bosta nenhuma,pt em brasília nunca mas...desmilitarização já urgente delega no poder cana de verdade.10 milhão desmotivado e confiante.

    ResponderExcluir
  43. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Às vezes somos pressionados a tomar uma decisão difícil e frequentemente a inação, filha de uma reflexão mais prolongada, ajuda mais do que uma atitude tresloucada. Muitas vezes esperar um pouco e observar é a melhor conduta.

      CAP UNB

      Excluir
  44. Sou a favor realmente de acabar com a policia militar. No lugar da PM, passariamos todos a integrar uma empresa pública de segurança patrimonial, sem muitas hierarquias, e o corpo de bombeiros passaria a ser uma brigada de contra-incendio e primeiros socorros. O quantitativo de cargos que forem fechados na PM seriam abertos na Policia Civil e seriam providos através de concurso público, conforme prevê a constituição. Finalmemte poderia comprar a minha tão sonhada casa com o FGTS. Sonhar não custa nada.

    ResponderExcluir
  45. A necessária e urgente desmilitarização das atividades policiais, Maria Lúcia Karam*


    O policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública, funções atribuídas às polícias militares estaduais na regra do § 5º do artigo 144 da Constituição Federal brasileira, são atividades típicas de polícia, que não se coadunam com a organização militarizada imposta pela distorcida previsão (no § 6º do mesmo artigo) de tais polícias como forças auxiliares e reserva do Exército.

    A estruturação das polícias estaduais em organizações diferenciadas ainda cria
    desuniões e competições, acabando por afetar negativamente a própria efetivação da segurança pública. Emenda constitucional que promova a reestruturação das polícias militares e sua unificação com as polícias civis decerto se faz necessária e urgente.

    A desmilitarização das atividades policiais não pode se limitar, porém, a essa indispensável reestruturação e unificação das polícias estaduais. A necessária e urgente desmilitarização requer uma nova concepção das ideias de segurança e atuação policial, que, afastando o paradigma bélico, resgate a ideia do policial como agente da paz, cujas tarefas primordiais sejam a de proteger e prestar serviços aos cidadãos.

    A prevalência dessa nova concepção não depende apenas de transformações internas nas polícias e na formação dos policiais. Há de ser, antes de tudo, adotada pela própria sociedade e exigida dos governantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No entanto, mais grave do que a existência de uma polícia militarizada no Brasil é a atuação das próprias Forças Armadas que, em claro desvio das funções que a Constituição Federal A necessária e urgente desmilitarização das atividades policiais lhes atribui, vêm sendo utilizadas em atividades policiais. O cenário do tão incensado novo modelo de policiamento iniciado no Rio de Janeiro – as chamadas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) – inclui tanques de guerra e militares com fuzis e metralhadoras, seja na ocupação inicial, como na Rocinha e no Vidigal, seja, como no Complexo do Alemão e na Vila Cruzeiro, em que essa presença vai se tornando permanente, o Exército estando ali estacionado desde novembro de 2010.

      Sob o pretexto de “libertar” as favelas dos “traficantes” de drogas, esse novo modelo de policiamento consiste na ocupação militarizada dessas comunidades pobres, como se fossem territórios “inimigos” conquistados ou a serem conquistados. No momento inicial da ocupação, chega-se até mesmo a hastear a bandeira nacional, em claro símbolo de “conquista” do território “inimigo”. A ocupação fortalece o estigma e a ideia do gueto. A ocupação sujeita as pessoas que vivem nas favelas a uma permanente vigilância e monitoramento, com frequentes revistas pessoais até mesmo de crianças por agentes fortemente armados, com revistas domiciliares sem mandado (ou
      com algum vazio e igualmente ilegítimo mandado genérico).

      A ocupação funciona como uma espécie de “educação” para a submissão. Sabendo-se e sentindo-se permanentemente vigiado, o indivíduo acaba por se adestrar para a obediência e a submissão à ordem vigente. O indivíduo permanentemente vigiado acaba por reprimir suas opiniões, por mudar seus hábitos, por ter medo de ser diferente, de questionar, acaba por se conformar aos padrões dominantes, acaba por aderir à submissão. Aliás, nos “guetos” denominados favelas, sob ocupação, qualquer manifestação de inconformismo de moradores, quaisquer denúncias de abusos acabam por ser esqualificados, sob a fácil alegação de que os autores dos questionamentos estariam ligados aos “traficantes”.

      A proibição das arbitrariamente selecionadas drogas tornadas ilícitas é o
      motor principal da militarização das atividades policiais. O paradigma bélico,
      explicitamente retratado na expressão “guerra às drogas”, faz do “criminoso”
      o “inimigo”. Em uma guerra, quem deve “combater” o “inimigo”, deve eliminá-
      -lo. Os policiais brasileiros são, assim, formal ou informalmente autorizados e
      mesmo estimulados, por governantes e por grande parte da sociedade, a praticar a violência, a tortura, o extermínio. Basta pensar que o “cinematográfico” Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar do estado do Rio de Janeiro tem como símbolo uma caveira.

      Excluir
    2. A “guerra às drogas”, motor da militarização das atividades policiais, não
      se dirige efetivamente contra as drogas. Como qualquer guerra, não é uma guerra contra coisas. Como qualquer guerra, é uma guerra contra pessoas – os produtores, comerciantes e consumidores das arbitrariamente selecionadas substâncias tornadas ilícitas. Mas, é ainda mais propriamente uma guerra contra os mais vulneráveis dentre esses produtores, comerciantes e consumidores. Os “inimigos” nessa guerra são os pobres, não-brancos, marginalizados, desprovidos de poder, como os vendedores de drogas do varejo das favelas, demonizados como “traficantes”, ou aqueles que a eles se assemelham, pela cor da pele, pelo local de moradia, pelas mesmas
      condições de pobreza e marginalização.

      Os homicídios, travestidos em “autos de resistência”, praticados por policiais em operações nas favelas no Rio de Janeiro – em média, 20% do total de homicídios no estado – não deixam dúvida sobre quem são os “inimigos” nessa guerra.

      Passo primordial e urgente para uma efetiva desmilitarização da atividade
      policial, para afastar o paradigma bélico da atuação do sistema penal, é, pois, a
      necessária e urgente mobilização para pôr fim à “guerra às drogas” e substituir
      a proibição por um sistema de legalização e conseqüente regulação da produção, do comércio e do consumo de todas as drogas.


      *Maria Lucia Karam, membro da AJD, é Juíza de direito aposentada no RJ, membro da direção da Law Enforcement Against Prohibition
      (LEAP)

      Excluir
    3. Para quem tiver interesse em aprofundar-se sobre as questões tratadas, com texto da própria autora, há o excelente "A esquerda punitiva": http://pt.scribd.com/mobile/documents/74572563/download?secret_password=qalb2attxbwrmrpv7jp.
      Abraços,

      Excluir
  46. "ser de esquerda hoje é preferir a desordem à injustiça"
    (Bernard Henry-Lévi, filósofo francês)

    ResponderExcluir
  47. Desmilitarizar as polícias....

    ResponderExcluir
  48. Quanto mais invasiva, grave e constrangedora a medida, mais ela se aparenta como a única forma de evitar um desastre.

    Força... Nobre PRAÇA!

    ResponderExcluir
  49. Salve o ilustre Serventuário da Justiça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil encontrar, pelas "varas da Vida", julgadores imbuídos...

      Salve a nova ordem...

      Excluir
  50. Justiça... reparando os erros que os `irmãos` cometem!?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiros passos..

      Excluir
    2. Furtivo silêncio!

      ...a construção...

      Excluir
    3. ISSO AI É UM BOÇAL!
      É SÓ IGNORAR OFICIAIS E PUXA SACOS!
      A SEGURANÇA PÚBLICA NÃO PRECISA DESSES BOÇAIS...

      A UNIFICAÇÃO DAS POLÍCIAS VAI ACONTECER QUER ESSES BABACAS QUEIRAM OU NÃO.
      O NOSSO OBJETIVO AGORA É ESPALHAR O TERROR E MOSTRAR PARA A ONU E OUTROS ORGANISMOS MUNDIAIS QUE O BRASIL NÃO TEM CONDIÇÕES DE OCUPAR UMA VAGA PERMANENTE NO CONSELHO DE SEGURANÇA E UM DOS MOTIVOS É A EXISTÊNCIA DA PM.

      VÊ AI, ONTEM RECONHECERAM QUE A MORTE DO JOSRNALISTA VLADMIR HERZOG NÃO FOI POR ASFIXIA E SIM POR TORTURA.
      OU SEJA, OS MILITARES, MENTIROSOS ASSASSINARAM ELE.
      QUEM PENSOU QUE ISSO IA OCORRER????

      O MILITARISMO ESTÁ EM DECADÊNCIA NO MUNDO, ESPECIALMENTE EM PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO COMO O BRASIL.

      RAPIDAMENTE O BRASIL NÃO VAI AGUENTAR A PRESSÃO EXTERNA E VAI TER QUE CEDER!

      NÓS ESTAMOS CERTOS E ISSO ESTÁ DEIXANDO ESSES IMBECIS,OFICIAIS,SEM SABER O QUE FAZER.

      SÃO UM BANDO DE INCOMPETENTES!!!

      UNIÃO PRAÇAS E POLICIAIS CIVIS JÁ!

      Excluir
  51. DF registra quase um sequestro relâmpago por dia em setembro


    Publicação: 25/09/2012 21:24 Atualização: 25/09/2012 21:46
    No mês de setembro já foram registrados 24 casos de sequestros relâmpago no Distrito Federal. De acordo com dados da Secretaria de Segurança, já são mais de 550 ocorrências desde o início do ano. A Polícia Militar recomenda alguns cuidados para não cair nas mãos dos bandidos. Confira mais detalhes na reportagem da TV Brasília:

    ResponderExcluir
  52. halk séria denuncia , faça constar em seu blog...

    São sebastião está em destaque.

    Por lá a criminalidade é só subindo e não vai parar de subir enquanto não trocar a comandante. É uma oficial que vive ainda nos anos 80 e que não há qualquer possibilidade de
    diálogo com ela, tudo se resolve e se resume em punições e mais punições.

    A cidade está tão largada e entregue ao crime que os vagabundos estão AMEAÇANDO MATAR MAIS POLICIAL MILITAR, AGORA FARDADO E EM SERVIÇO, PARA MOSTRAR QUE NÃO TEMEM A POLÍCIA E QUE É ELES QUE MANDAM NA CIDADE.

    A comandante, por sua vez, nega que essa ameaça está sendo veiculada na cidade e obriga policiais a montarem pontos de bloqueio com o efetivo de 02 ou 03 policiais, expondo ainda mais o já ameaçado e desmotivando ainda mais o já desmotivado policial militar que tenta trabalhar, ou sobreviver, em São Tião.

    Ela sabe que caso isso venha a acontecer, muito dificilmente será ela a vítima desse crime, assim, se morrer um policial coloca-se outro no lugar e tá tudo certo, assim como aconteceu com o CB M. César, que ela ameaçou punir os policiais que tentassem de alguma forma levantar informações sobre a autoria do crime, disse que o PM não sabe fazer isso e se inventasse iria atrapalhar o que está sendo feito pela PC, e se ela soubesse de alguém que estivesse fazendo isso (levantamentos) iria punir exemplarmente.
    A final, somos a penas um número e nada mais.

    TÁ MUITO DIFÍCIL EM SÃO SEBASTIÃO: NA RUA A AMEAÇA É REAL DE A QUALQUER MOMENTO UMA VTR, COM DOIS POLICIAIS, SE DEPARAR COM UM GRUPO DE VAGABUNDO QUERENDO MATÁ-LOS PARA DEMONSTRAR PODER FRENTE AOS GRUPOS RIVAIS (UMA CASINHA);

    NO QUARTEL SOMOS MASSACRADOS DIARIAMENTE POR UMA COMANDANTE QUE NÃO SE CANSA DE PUNIR POLICIAIS POR QUALQUER COISA, AINDA QUE O POLICIAL DEMONSTRE QUE A SUA AÇÃO FOI LEGÍTIMA, ELE NÃO ESCAPA DA PUNIÇÃO.

    SE O ENCARREGADO DA APURAÇÃO SUGERIR QUE O PROCEDIMENTO SEJA ARQUIVADO POR FALTA DE PROVA OU INEXISTÊNCIA DO FATO, ELE TAMBÉM É PUNIDO POR INCOMPETÊNCIA OU CONIVÊNCIA.
    E ASSIM SEGUE A DURA VIDA DOS POLICIAIS DE SÃO SEBASTIÃO. PEÇO A DEUS TODOS OS DIAS PARA QUE UMA NOVA TRAGÉDIA NÃO VOLTE A ACONTECER NAQUELA CIDADE. OS POLICIAIS ESTÃO EXTREMAMENTE NERVOSOS COM O SERVIÇO DE RUA E PROFUNDAMENTE ESTRESSADOS COM O COMANDO DA UNIDADE.

    NUVENS NEGRAS ESTÃO PARADAS SOBRE AQUELA REGIÃO, E JÁ FAZ MUITO TEMPO, E NADA MUDA.

    fonte: Anônimo - comentário blog do poliglota

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é no Brasil? Onde estão os representantes de vocês? Já ouviram falar em CF/88?

      Excluir
  53. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  54. Mais uma questão;
    A controladoria Geral da União, já está a par com estas informações e o Ministério Público Federal.

    SGT 2ºBPM para o fim do Militarismo e Unificação das polícias

    ResponderExcluir
  55. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  56. Respostas
    1. Amigos, em tela, anônimo, das 9:55

      é muito importante a colaboração do Senhor e de todo mundo que saiba de algum possível crime cometido por qualquer indivíduo, não só oficiais, mas destes também,denúnciar no 197.

      Se o Senhor quiser ligue no 197 e pergunte como proceder.
      Ou então, marque um encontro comigo para conversar-mos, ou eu ou minha equipe, vamos cuidar com a preservação. Dr. Fábio tel: 33625829.

      Faça como achar melhor.

      Mas deixe lhe dar uma dicas;

      organize as provas documentais, multimídias, testemunhais e demais.
      Se achar que um indício ainda precisa de maiores esclarecimentos tente "investigar mais a fundo", se precisar de ajuda,pode me contatar também.

      ok, se houver um criminoso,oficial,se escondendo atrás do Militarismo,para cometer delitos, teremos um prazer em tirá-lo de circulação.

      Abraços

      Dr. Fábio jogado por ai em todas as DPs de Brasília


      Excluir
  57. HALK
    TÁ NA CARA QUE ISSO TUDO É MENTIRA!!!!
    TOME CUIDADO, TEM GENTE QUERENDO TE PREJUDICAR.
    EU CONHEÇO A REPUTAÇÃO DO CEL DA CORREGEDORIA, É UM HOMEM DE BEM.
    REMOVA ESTES CONTEÚDOS!
    É PERIGOSO PARA VOCÊ...

    ResponderExcluir
  58. O único órgão responsável por investigar condutas de MILITARES é a Corregedoria.
    Então um praça alterado, com um delegadinho novinho e seus capangas, não podem se meterem em assuntos Militares.

    Halk delete os comentários sobre falsas acusações ou então será anotado para vir dar explicações à Corregedoria.

    OFICIAL DEFENSOR DOS VALORES E TRADIÇÕES MILITARES
    PM A VERDADEIRA POLÍCIA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, só rindo mesmo, o oficiazinho defensor de um sistema ridiculo que o mundo aboliu fica se achando no direito de impedir a livre expressão, por isso vemos que o militarismo é uma bosta, acham que estão acima das leis, acham que mandam em tudo, mas na frente do capa preta vcs são meros cidadãos como qualquer outro. A caixa do militarismo está perto de ser aberta, a má gestão, desvio de verbas, desvio de conduta, trafico de influência, abuso de autoridade, acedio moral e por ai vai, ficam se escondendo atras do militarismo, mas essa festa da carochinha vai acabar a se vai... os oficiais deixam muitos rastros e agora mais do que nunca vão apavorar e a casa vai cair...
      unificação das policias, ser gerenciado por um delegado e muito melhor que um monte de oficiais sem excrupulos.

      Excluir
    2. E olha que esse oficial mediocre já está querendo enterrar o assunto dizendo ser "falsas acusações" sem se quer verifica-las!! É um inútil mesmo!

      Excluir
  59. Olha o absurdo do CORONÉ DOS BOMBEIROS, SUBMETER HOMEMNS QUE SALVAM VIDAS A PRISÃO DOMICILIAR NO QUARTEL POR UM DIA POR TEREM DOADOS SANGUE???? COMO ASSIM, É LEI FEDERAL A DOAÇÃO DE SANGUE, UM REGIMENTO INTERNO JAMAIS PODERÁ SUPRIMIR UMA LEI FEDERAL, SOMENTE O MILITARISMO PREGA ISSO ESSA MAZELA QUE JÁ FOI ESTIRPADA NA DITADURA, O BRASILEIRO ODEIA MILITARISMO E MESMO ASSIM DEIXA PROFISSIONAIS DE SUMA IMPORTANCIA SEREM REGIDOS POR DIRETRIZES OBSOLETAS E ANTI DEMOCRATICAS, CADE O MINISTERIO PÚBLICO PARA FALAR PARA ESSE CAPITÃO QUE NENHUM REGIMENTO INTERNO PODE ABOLIR UMA LEI FEDERAL E AINDA MAIS CONTESTAR UM ATESTADO MÉDICO... ABUSO DE AUTORIDADE, ACEDIO MORAL... CADE OS CATEDRATICOS EM DEFESORIA DOS DIREITOS HUMANOS, ESSA ATITUDO DO CORONEL É USADA PELO PODER QUE O ESTADO DEU A ELE, ENTÃO É DEVIDAMENTE CABIVEL QUE OS DIREITOS HUMANOS SE PRONTIFIQUEM E DEFENDA ESSES NOBRES ANJOS SALVADORES DE VIDA.. QUE PAISZINHO DE BOSTA É ESSE MESMO EIM, POLITICOS CORRUPTOS NA CARA DE PAU, POLICIA REGIDA POR MILITARISMO, CHEGA DESTA MAZELA... BASTAAAAA!!!

    ASSITA O VIDEO QUE ABSURDO...

    http://www.atalaiaagora.com.br/video.php?v=13794

    ResponderExcluir
  60. A PM É LINDA, TEM UM CASTELO UM PRAÇA E UM OFICIAL DE MÃOS DADAS CANTANDO!
    NESTE CASTELO TODOS SÃO FELIZES....

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    É SÓ ESTE TIPO DE INFORMAÇÃO QUE PODE SER POSTADA NOS BLOGS, SENÃO OS OICIÓIDES MANDAM O ENCAGAÇADO APAGAR!

    SGT BRANCA DE NEVE

    ResponderExcluir
  61. Muito bom! Vamos usar este canal de comunicação para denunciar os abusos cometidos por Oficiais da PMDF e CBMDF os quais imaginam estar acima das Leis, bem como amparados pelos regulamentos militares de repressão aos praças. Esses regulamentos inconstitucionais em vigor na PMDF foram criados para humilhar os praças e retirar direitos, não podemos ficar calados diante das injustiças constantes, os Oficiais estão imunes aos regulamentos e se acham os donos das instituições militares.

    Pedimos uma maior atenção por parte do Ministério Público em relação aos abusos cometidos por Oficiais contra os praças CB, SD,SGT e ST nos seus ambientes de trabalho.

    ResponderExcluir
  62. É só começar a falar em desvio de dinheiro público que o Coroné manda os capitães do mato agir na chibata.

    Militarismo é o ó do borogodó.

    CPI na PMDF já!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  63. CPI NA PMDF JÁ!!!!

    PARA UMA POLÍCIA OSTENSIVA LIMPA!

    CADÊ AS AUTORIDADES?!!!!!!

    SOCORRO DEPUTADOS, SENADORES, ONU!!!!

    NA PM TEM TODOS OS TIPOS DE CRIME COMETIDOS POR OFICIAIS E NINGUÉM FAZ NADA!!!

    CPI
    CPI
    CPI
    CPI



    CHEGA DE PEBAS NO COMANDO!

    ResponderExcluir
  64. CADE O CABO FRAQUÍCIO?!!

    SERÁ QUE ELE RECEBE DINHEIRO DO CORONÉ TB?????

    ResponderExcluir
  65. ALGUÉM SENSATO AI LIGUE PARA A IMPRENSA???

    SÃO VÁRIAS ACUSAÇÕES SÉRIAS CONTRA DIVERSOS OFICIAIS DA PMDF.

    ResponderExcluir
  66. Essas denúncias são gotas no mar de lama que muita gente está afundada.

    Algumas "ações policiais" são tratadas como ferramenta de troca, não me perguntem como.

    É difícil para um praça provar muitas coisas, pois normalmente tudo é feito dentro da "legalidade".

    Alguns já tentaram e sofreram todo tipo de represália possível, até ser preso.

    Muita gente não quer o fim do militarismo. Os senhores feudais desejam ao máximo controlar seus servos, e estes devem estar sempre à disposição do rei para qualquer embate:=] Essa máquina chamada "militarismo" é um ótima ferramenta nas mãos dos governantes, pois a qualquer momento têm à mão uma máquina, formada por seres imbecis na sua totalidade, para qualquer tio de serviço que achem necessário. Então a luta para desmilitarizar esta máquina vai ser dura.

    Que a força esteja com você.

    ResponderExcluir
  67. Amigo Halk,

    Foi postado em meu blog hoje cedo um comentário incitando denúncias contra a PM e Oficiais e demais que surgissem ou soubessem, por alguém que se intitulava POLICIA CIVIL DF, JUNTO COM DEF E CAD.

    Imediatamente removi o comentário com a seguinte explicação que segue abaixo e te dou os parabéns por ter tomado essa decisão também. Expor-se desnecessáriamente não faz parte desse processo e está claro que isso é uma plotagem com intenções óbvias.
    Prudência nunca é demais e apoio sua conduta.
    Segue a minha nota:

    Prezado Senhores,

    Muito importante as colocações do intitulado POLICIA CIVIL DF, JUNTO COM DEF E CAD e de grande interesse. Porém acrescento um detalhe que é muito, mas muito importante principalmente para nós "blogueiros" que nos dispusemos a cooperar em levar a informação às categorias e a comunidade.

    Improbidades devem ser denunciadas, com toda certeza, mas para que sejam publicadas denúnciaS DE NATUREZA GRAVÍSSIMA que possam desencadear medidas judiciais contra seus executores devem ser precedida de PROVAS CONTUNDENTES ou INSTRUMENTOS COMPROBATÓRIOS que fortaleçam tal denúncia.

    Não podemos ser irresponsáveis de publicar denúncias sem provas cabais, sob pena de sofremos sanções jurídicas, fato esse que está acontecendo com diversos blogs.

    Quero deixcar claro aos leitores desse espaço que sou totalmente favorável às denúncias, porem reafirmo meu compromisso com a verdade e peço a todos que AS DENÚNCIAS SEJAM ENCAMINHADAS AO E-MAIL para que sejam apuradas e só então as postaremos, com a devida comprovação do fato, evitando assim o comprometimento da administração, que realiza um trabalho sério e comprometido com a verdade.

    Por essa razão, removi o conteúdo da postagem acima, já que continha acusações sem comprovações que poderiam trazer consequências indesejadas.
    LEGALIDADE - Esse é nosso lema.

    Agradeço a compreensão de todos,

    Tenente Poliglota...
    e-mail: tenpoliglota2012@gmail.com.br

    ResponderExcluir
  68. Parabens Halk, as ações são necessárias para preservação das pessoas envolvidas pelo blog.

    ResponderExcluir
  69. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk DEP. PAULO TADEU FOI INDICADO PELO AGNULO A VAGA DE CONSELHEIRO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO DF. KKKKKKKKKKKKKKKKPATRICIO SE FUDEU MAIS UMA VEZ, DEPUTADOZINHO SEM MORAL E SEM APOIO ESSE NOSSO.

    ResponderExcluir
  70. O que está rolando nos bastidores agora é que o governo federal quer conceder reajustes para policiais/bombeiros do DF, todavia o ONGUINULO permanece inerte. Respondam-me: Por que o governador do DF encontra-se inerte? Ele tá de mal, de birrinha com a polícia, ou é porque o PT/DF nunca gostou de polícia.

    ResponderExcluir
  71. Coloque os seguintes blogs na lista de meus blogs:

    Associação Única Já
    Consciência Política PM&BM
    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2012N28583
    Desde já agradeço a vossa Atenção

    ResponderExcluir
  72. REUNIÕES SETORIZADAS

    Regiões Administrativas com policiais e bombeiros militares, conforme cronograma .

    A 1ª já está definida para as cidades de Santa Maria, Gama, Novo Gama, Valparaíso I e II e Cidade Ocidental,

    a ser realizada em Santa Maria no dia 29 de setembro, às 09:00 horas no Colégio Nossa Senhora Aparecida na QR 218, Lote E, avenida Alagados.

    POLICIAIS e BOMBEIROS ,
    compareçam , participem, sua presença é fundamental.

    Mais do que nunca precisamos estar mobilizados e conscientes da nossa situação.

    Estamos em uma "guerra", e para vencer este gigante, só com
    UNIÃO, CORAGEM, INTELIGÊNCIA, MOBILIZAÇÄO,
    contamos com todos VOCÊS.

    ELIOMAR .
    NOVO MOVIMENTO UNIFICADO – N.M.U

    ResponderExcluir
  73. Ok,
    Halk e Tenente Poligota;

    Eu errei em citar os nomes dos investigados.
    Como eu entrei em contato com pessoal da Polícia Civil do DF e consegui dados destas investigações resolvi colocá-las aqui no blog.
    Mas os Senhores tem toda razão e merecem os devidos elogio por tal.

    A notícia pode então ser colocada assim:

    "Estão sendo investigados oficiais da PM,por diversos crimes contra a ordem Tributária, contra a administração, Lavagem de dinheiro e Tráfico inter-estadual de drogas e armas".

    Alguns destes oficiais possuem sociedade em construtoras que tem contratos com a extinta delta e entraram também no esquema dos caça-niqueis.
    Um destes elementos foi comandante do Batalhão escolar e faz parte da Corregedoria.
    Além do mais, diversas obras da PM são suspeitas de superfaturamento e diversos crimes contra licitações.

    Se alguém souber mais informações, seria interessante entrar em contato com a DPE para ajudar na solução destes caso.

    Atenciosamente

    União Praças e Polícia Civil

    ResponderExcluir
  74. Tirem todos da zona de conforto. Que se sintam ameaçados. Vão perder suas mordomias.Isso é lindo.

    ResponderExcluir
  75. unificação das polícias,ai os oficiais piram!!!!!me explique para que serve coronel,tenente coronel,major!!só serve para comer dinheiro da nação e arrocha os praças,nunca foram a uma delegacia e ainda se acham policiais.os verdadeiros policiais são os policiais civil,e os praças da pm,e os senhores delegado.Unificação já,delega no comando.unifica logo esta porra agnulo,deputatinho paty,abre seu olho se vc ainda quer conseguir se eleger em alguma coisa aqui no df,ou vc vai ter que fazer igual ao João de Deus,naves,fraca e outros.Dia 24 todos na praça,unificação já.10 milhão desmotivado e confiante ainda em ser cana.

    ResponderExcluir
  76. Uma coisa vocês tem razão. Polícia foi feita para prender vagabundo. Se há policiais que não estão fazendo isso e ganhando mais do que quem prende, há alguma coisa errada.

    ResponderExcluir
  77. Fraternida...

    Atualmente, todos clamam contra a impunidade. Os meios de comunicação desvendam, sem cessar, variados tipos de ilícito e causa indignação constatar como o processo de punição é moroso e falho. Muitos corruptos encontram brechas no sistema legal e escapam ilesos. Grandes criminosos persistem livres, enquanto lançam mão de incontáveis recursos judiciais. O dinheiro público some sem que ninguém seja responsabilizado. Obras são superfaturadas e os encarregados afirmam total ignorância do ocorrido. Enquanto isso, a sociedade brada indignada e pede providências. Entretanto, a justiça humana reprime apenas as condutas mais escandalosas. O legislador terreno elege alguns dos comportamentos mais deletérios ao convívio social e os proíbe mediante punições. Ainda assim, os responsáveis, não raro, logram burlar as conseqüências legais. Ocorre que, acima e além dos regramentos humanos, pairam soberanos os Códigos Divinos. Eles estabelecem a fraternidade, a pureza, o trabalho e a honestidade como deveres incontornáveis. Para estar em harmonia com o estatuto divino não basta parecer levar uma vida reta. De pouco adianta cumprir ritos ou ofertar ao mundo uma aparência de recato e sobriedade. Inúmeros pequenos gestos implicam violação à lei de harmonia que rege a vida.


    ^^^Os pais que não educam seus filhos violam uma missão sagrada que lhes foi confiada^^^


    Ao não dedicar tempo ao burilamento moral de seus rebentos, desdenham a Lei de Trabalho. Conseqüentemente, respondem pelos desvios causados por sua inércia. Cônjuges que se infelicitam, por palavras e gestos, desconsideram o mandamento da fraternidade. Comentários cruéis a respeito do próximo igualmente vibram negativamente perante a Consciência Cósmica. A vivência de tumultuosas paixões, atos que maculam a inocência alheia, o desamparo material ou moral de parentes necessitados ou enfermos... Muitos são os exemplos de condutas não reprimidas pela legislação humana, mas incompatíveis com a Lei Divina e Natural. Convém refletir sobre isso, sempre que surgir forte o desejo de bradar contra a impunidade do próximo. Ninguém advoga que atos desonestos persistam isentos de conseqüências. A sociedade necessita de regras para que o convívio de seus membros siga harmônico. O desrespeito a essas regras precisa ser reprimido, sob pena de se instaurar a anarquia. Mas, se o equívoco deve ser combatido, isso não pode implicar odiar os equivocados. É preciso medir a própria fraqueza antes de lapidar os outros. As Leis Divinas jamais são enganadas. Embora certas baixezas permaneçam ocultas, ainda assim elas têm conseqüências impostas pelas Leis Divinas. Por ora, a maioria dos habitantes da Terra ainda foge de algum modo de seu dever. Assim, importa lançar um olhar generoso ao próximo, enquanto se cuida de corrigir o próprio comportamento. Urge gradualmente passar a não apenas afetar pureza, mas a vivê-la em plenitude. Se você é a favor da responsabilização pelos atos praticados, veja como age em todos os setores de sua vida.


    ^^^Cuide para que o que fica oculto não o condene perante sua consciência^^^


    Juntos, PRAÇA + PCDF . . .


    ResponderExcluir



  78. Parabéns Halk, pelo seu blog!

    Muito interessante...

    ResponderExcluir
  79. Parabéns pelo 'serviço' que vocês prestam a TODOS. Abraço!

    ResponderExcluir
  80. Temos que lutar para acabar com a figura dos motoristas de oficiais!

    Essa mordomia eles tem que perder!

    Temos que lutar para cada conquista, nesta guerra velada contra o militarismo e os oficiais. Até derrubar este sistema desgraçado!

    A Próxima luta, deve ser contra a figura do motorista do oficial.

    Não pode haver um agente pago pelo Estado com esta função!

    União praças e policiais civis por uma polícia única.

    ResponderExcluir
  81. Temos que lutar também, companheiro, pela redução de remuneração dos oficiais.
    Está certo que não pode haver redução salarial, mas seria no valor nominal,ou seja no soldo, no caso dos militares.

    Os oficiais no DF ganham muito, e tiveram aumento salarial, ao contrário dos praças!

    O 2º Ten por exemplo deve ganhar, a priori, o que ganha um 3º SGT.

    Temos que estudar e especular tal possibilidade.

    Abraços

    Everton

    ResponderExcluir
  82. Rsssss,

    O Coronel, por exemplo, perderia várias gratificações, até chegar ao salário do que é hoje um salário de um Agente da Polícia Civil primeira classe, ou seja 9.500 R$.

    Com essas metas já cortaríamos uma coluna da base de sustentação, a financeira.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rssss,

      companheiro o Senhor é muito bonzinho.
      Eu acabaria de vez com a figura deste velho rancinsa, o coronel.

      Mas sei, uma coisa de cada vez.

      Excluir
  83. Passos inicias para o fim do Militarismo, devemos lutar para isso irmãos praças!

    Proposta da extinção da ascensão ao quadro de oficiais administrativos.
    Praça é Praça e oficial é oficial. Tal ascensão que aos olhos do Praça parece ser boa, nada mais é do que um controle e defesa do Militarismo por parte de seus guardiões,os oficiais.
    O que deveria ser feito é que o salário do Subtenente fosse igual ao do coronel full, haveria as devidas correções.
    Enfim, essa história de atrelar o valor da remuneração ao posto e essas frescuras militares só interessam ao Militarismo e é bom para os oficiais, que se acham melhores e que deveriam sempre ter mais dinheiro do que os praças,eles não aguentam, ver um praça mais rico - pois soube administra melhor do que eles.


    A necessidade da criação de um cargo civil para controle do policiamento ostensivo.
    Deve haver um delegado,cargo da policia militar mas que não é um militar. Uma espécie de chefe e auditor dos praças. Um bacharél em Direito,atuante na Delegacia de polícia civil e quartéis, tendo a função de fiscalizar e chefiar o policiamento ostensivo. Um delegado de polícia ostensivo, que no futuro consolidaria este papel na nova polícia.

    Tal delegado,teria amplos poderes de veto a ordens de oficiais perante os praças, no que fosse atinente a atividades fora do quartel, policiamento ostensivo.

    Só poderia haver a aplicação dos regimes disciplinares com o aval dele.

    Com essa figura, haveria uma diminuição do militarismo e maior adequação a realidade democrática.

    Todas as idéias contra o militarismo na segurança pública são bem vista.

    União praças e policiais civis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que porra de união o que meu!!!!esta porra tem é que acabar e se criar uma nova policia sem porra de oficial,que não serve para merda nenhuma.unificação já quero ser policia e não bosta de militar,militar é a forças armadas,com muito orgulho,agnulo ,fraticio,pt seus dias estão contados.reunião geral dia 24\10 todos unidos...10 milhão desmotivado e censurado né senhor halk...

      Excluir
    2. Claro amigo!

      Temos que acabar com a Polícia Militar
      Criar uma nova polícia. Uma polícia civil com o ciclo completo.
      Pelo que eu entendi na postagem do anônimo das 9:33
      Ele só está dando uma sugestão das primeiras modificações.
      Mas eu sou que nem você!
      Tem que acabar com esta porra!
      Não precisa de Militares na segurança pública!!!

      SGT 2º BPM

      Excluir
  84. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  85. ...................CUIDADO.................


    ...................CUIDADO..................


    AGORA QUEM ESTAR ESCOLHENDO AS PERMUTAS NO 11º BPM NÃO É MAIS O PRÓPRIO POLICIAL, E SIM OS MAJORES QUE LÁ ESTÃO, OS SUPER DEUSES DO ALÉM DA BAIXA DA ÉGUA... APROVEITANDO A AUSÊNCIA DO COMANDANTE POR ESTAR DE ABONO PARA USURPAR O PODER. ------------------SARGENTO FULANO DE TAL DE FORMA OBRIGATÓRIA TEM QUE PERMUTA COM CABO FULANO DE TAL, POIS O CABO É AMIGUÍSSIMO DO MAJOR FULANINHO DE TAL. ...................................................................................................................

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa ser interpretado como crime militar ou comum. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial