Advogado nega atender pai que queria se vingar da ex-mulher: 'Seja menos lixo'


Foto: Reprodução

Um advogado escreveu uma publicação nas redes sociais explicando o motivo para recusar defender um pai que pedia guarda compartilhada do filho por "vingança" e acabou viralizando nesta semana. Em seu perfil no Facebook, Rafael Gonçalves mostrou prints da conversa que teve com um homem pelo WhatsApp, interessado em mover a ação.

No diálogo, o homem diz que a ex-mulher gasta o dinheiro da pensão com "macho" e que por isso quer guarda da criança. No entanto, ele alega ser caminhoneiro e que a mãe dele seria responsável pelos cuidados no filho. 

“Então minha ex tá usando dinheiro de pensão com homem e eu prefiro eu mesmo gastar do que pagar a pensão, por isso quero compartilhar (a guarda)”, diz o homem, O advogado afirma que evita defender pais neste caso pois, na maioria dos casos, eles tentam "torturar pscologicamente" as ex-mulheres. "Se os pais acham que merreca que dão está sendo gasto de forma errada, basta pedir prestação de contas. Mas passarão vergonha na maioria das vezes", escreveu Gonçalves. "Seja menos lixo e se importe com seu filho", disse o advogado ao cliente. 

O post com a história teve 95 mil likes e 48 mil compartilhamentos. 

Veja abaixo o que disse o advogado 


Esse é um dos motivos pelo qual eu raramento advogo pra "pais". Na maioria das vezes, o foco deles é torturar psicologicamente a mãe do seu filho, com ações descabidas. 

Me recuso a chamar esse indivíduo de pai. Um homem que paga uma miséria de pensão, vê o filho a cada 15 dias, e diz não se importar com o valor dos honorários pra entrar com um pedido de guarda compartilhada que certamente ele não cumprirá, é um bosta! Ao invés de usar o dinheiro com o filho, prefere gastar para atormentar a mãe, que certamente está em um novo relacionamento. 

Isso acontece diariamente, e mãe nenhuma deve temer esse tipo de homem. Não se abalem, pois nessas condições, juiz nenhum concederá guarda compartilhada. Vão pra guerra e derrubem o inimigo! 

PS: Se os pais acham que a merreca que dão está sendo gasto de forma errada, basta pedir prestação de contas. Mas passarão vergonha na maioria das vezes! 

Só não vou expor o número e cara do indivíduo, pq estamos procurando dados para identifica-lo, e conseguiremos! 

Rafael Gonçalves Advogado

Fonte: www.noticiasaominuto.com.br

Postar um comentário

0 Comentários