Suicídio de Sargento do Exército gera denúncias graves nas redes sociais

PRINCIPAIS FATOS VEICULADOS NO FACEBOOK E WHATSAPP
Dentre as principais acusações perante o Comando da 1ª Companhia de Guarda, destaca-se que o Militar (suicida) estaria sofrendo pressão excessiva ou perseguição, apesar do pouco tempo de formação e experiência. Dita que o Sargento teria sido designado para Chefe do Setor de Manutenção e Transporte, em tese função de Oficial, já teria sido supostamente punido disciplinarmente, além de ter recebido ao menos 4 (quatro) FATD – Formulário para Apuração de Transgressão Disciplinar, somado-se a isso, à distância da família.
VEJA ALGUMAS DAS DENÚNCIAS QUE CIRCULA EM REDES SOCIAIS – Gravíssimas!
“Repassando;
Bom dia pessoal, estou bem a par da situação acompanhando o caso desde o início, esse cara era de fato meu irmão. Estudamos juntos, passamos juntos, e como ele dizia, conquistamos e vencemos juntos.
É foda, realmente teve cobrança excessiva, inflexibilidade por parte do comando (CMT/ S CMT) estive com o Major pessoalmente, durante todo o caso, o indaguei sobre essa situação e sugeri que ele tivesse mais flexibilidade no comando dele para que tragédias como essa não ocorra mais, ele não tem 100% de culpa, o Matheus estava doente, infelizmente não conseguimos identificar, ninguém conseguiu, nem mesmo eu e o Lucas que morava com ele, mas essa doença ocorreu devido a cobrança, as punições que foram 4 FATDs e a distância da família, não foi somente o comando, mas o comando teve participação fundamental para que isso ocorre *TENTATIVA DE SUÍCIDIO DE MILITAR DO EB – Em 221129Jun18, no HPS, deu entrada para atendimento, o Sgt do EB Matheus Medeiros Soares, DN 24/06/96. Segundo informações dos socorristas o mesmo estava na 1ª Cia De Guarda, Rua Veador Porto 68, Bairro Santana e ao ir ao banheiro efetuou um disparo de pistola cal.9 mm contra seu peito. Encontra-se em estado grave na sala vermelha. A vítima é natural do Rio De Janeiro” – Link abaixo da denúncia:
https://www.facebook.com/groups/312134908904093/permalink/1694440774006826/?comment_id=1694444177339819&notif_id=1529857412245793&notif_t=group_comment_mention
“Sargento do exército acabou se matando por causa de perseguição do seu comandante que colocou ele em todo tipo de missão, o cara tinha horário pra entrar mais não tinha pra sair..
Lamentável ocorrer esse tipo de coisa, espero que seu comandante seja punido…afinal o rapaz não tem mais como voltar.
Ele era constantemente ameaçado pelo comandante de ser punido…
PROGRAMA DE PREVENÇÃO E COMBATE AO SUICÍDIO NO EXÉRCITO

O Comandante do Exército determinou, face aos suicídios ocorridos de forma constate no Exército, envolvendo militares dos mais diversos postos e graduações, bem como das mais variadas idades, o programa de prevenção e combate ao suicídio, por meio de palestras por parte de pessoal especializado (Profissionais de Saúde e Capelães).
Em verdade, sem que estejamos em combate, toda e qualquer morte, causa perplexidade, tristeza e comoção, ainda mais quando se trata de jovens. Embora muitos entendam ser um mal dessa geração, porém, invariavelmente, vem uma pergunta em mente: “E SE FOSSE O SEU FILHO OU IRMÃO?”.
De certo que o programa deve avançar, também com visitas e inspeções de profissionais experientes, buscando observar o dia a dia das Organizações, especialmente o como estaria: “O Moral da Tropa“!
De certo que o Exército determinará o competente IPM – Inquérito Policial Militar que, convenhamos, não chegará à culpar qualquer agente, que tenha estado no temerário limites da legalidade, embora a VIDA, nosso maior bem, possua valor muito maior que a mera legalidade, especialmente para os entes queridos e amigos – Nossos Sentimentos a Família!

Fonte: Blog do Messias Dias

Postar um comentário

1 Comentários

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa por ventura ser interpretado, pelos órgãos de correição, como transgressão da disciplina, crime militar ou comum. Neste espaço não é permitido a discussão de temas militares, por conta da legislação castrense. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.