0
Rarafela Felicciano/Metrópoles




Manoela Alcântara

MANOELA ALCÂNTARA



O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou nesta segunda (27) a troca de comando em três secretarias do GDF. O atual chefe da pasta de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes (PSD), deixa o cargo. No lugar dele, assumirá Antônio Valdir Oliveira Filho, hoje diretor-superintendente do Sebrae-DF.

Rollemberg também mudou o comando de uma das mais estratégicas pastas de seu governo: a Secretaria de Segurança do DF. Sai Márcia de Alencar e entra o delegado da Polícia Federal Edval de Oliveira Novaes Júnior. “O Novaes chega para reduzir os números de homicídios e melhorar a sensação de insegurança no DF”, disse o governador.


Novaes atuou por 10 anos como subsecretário de Comando e Controle da Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro. Ele coordenou as obras do projeto do Centro Integrado de Comando e Controle, órgão que planejou e executou a segurança das copas do Mundo e das Confederações, além da visita do Papa Francisco e jogos Olímpicos e Paralímpicos. Ele é formado em direito pela Universidade de Caxias do Sul e em jornalismo pela PUC de Campinas. 

Márcia de Alencar permanece no Executivo. Ela será secretária-adjunta de Direitos Humanos. Desde que assumiu o comando da Segurança, Márcia recebeu muitas críticas. Não era bem aceita nem pelos policiais civis nem pelos militares. Chegou a protagonizar crises que tornaram sua permanência ainda mais delicada.

Com o objetivo de reorganizar os espaços do PSD de Rogério Rosso e do vice-governador Renato Santana no governo, Arthur Bernardes migra para a Secretaria de Justiça e Cidadania. Ele assume no lugar de Marcelo Lourenço, indicado pela distrital Sandra Faraj (Solidariedade). Assim, Rollemberg resolve dois problemas de uma só vez. Tira a pasta das mãos da deputada, investigada pelo Ministério Público e pela Câmara Legislativa por suposto desvio de verba indenizatória, e nomeia um nome mais alinhado com o setor produtivo. As mudanças na SDE e na Sejus foram antecipadas pelo Metrópoles na última semana.

Valdir Oliveira é irmão do deputado Chico Leite (Rede), mas a indicação, no caso, atende à necessidade de dar celeridade a programas como o Pró-DF, desburocratizar a criação de empresas e a liberação de alvarás, além de ampliar a oferta de empregos.

Reforma administrativa
A mudança é mais um capítulo da reforma administrativa tocada por Rollemberg no primeiro e segundo escalões do governo. Entre as secretarias, o próximo alvo do número um do Palácio do Buriti é a do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh). O governador não está satisfeito com a junção da supersecretaria. Vai desmembrá-la para desburocratizar os processos. A primeira probabilidade era de dividi-la em duas: Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social e Secretaria de Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos. No entanto, agora discute-se uma mudança para três órgãos diferentes.

Atualmente sob comando do PDT, a pasta tem como titular Gutemberg Gomes, indicação do presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle. Na manhã desta segunda, o presidente local da legenda, Georges Michel, se reuniu com o governador para tratar do assunto. A caneta do socialista vai alterar, também, o destino de alguns administradores regionais.

fonte: M

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.