NOTA PÚBLICA - BLOG DO HALK

terça-feira, 28 de junho de 2016

NOTA PÚBLICA

FÓRUM DAS ASSOCIAÇÕES REPRESENTATIVAS DOS POLICIAIS MILITARES E DOS BOMBEIROS MILITARES
  DO DISTRITO FEDERAL

ASAPOL  – ASBOM - ASOF/PMDF – ASPRA-PM/BM - ASSOR PM/BM – ASS/ARMILC – ASSOF/CBMDF – CABE - CIFAIS – CAP – CLUBE DOS BOMBEIROS – CLUBE DOS OFICIAIS CBMDF – COPM - CRESSPOM

No dia 17/06/2016 protocolamos uma solicitação de audiência com o Exmo. Senhor Governador Rodrigo Sobral Rollemberg para tratar da nossa pauta reivindicatória, contendo nossas postulações de recomposição salarial (PMDF e CBMDF).

Antes disso, em 19/02/2016 nos reunimos com a Secretária de Segurança Pública e Defesa Social Márcia Alencar e entregamos nossa pauta de demandas.

No dia 19/04/2016 tivemos uma audiência com o Senhor Comandante Geral da Polícia Militar e o Senhor Chefe da Casa Militar para entrega de uma correspondência oficial com nossa proposta de recomposição salarial.

Continuando o processo negocial fizemos uma reunião com o Deputado Federal Alberto Fraga na Câmara dos Deputados sobre nossa proposta salarial. Posteriormente, nos reunimos com Dr. Tadeu Filippelli, Assessor Especial do Presidente da República para assuntos do Distrito Federal para tratar do mesmo assunto.

Continuando o processo de diálogo a cerca da nossa recomposição salarial, nos reunimos com o Deputado Distrital Wellington Luiz e, na próxima quarta feira, nos reuniremos com o Deputado Distrital Roosevelt Vilela.

Até o momento da confecção dessa nota não fomos contatados por nenhuma das autoridades do Governo do Distrito Federal, que por dever de ofício deveriam se preocupar com a questão salarial das nossas forças de segurança pública. Nos causa espécie o silêncio das autoridades do GDF em responder nossas demandas de recomposição salarial.

Sabemos da difícil e delicada situação que o Brasil atravessa na área fiscal e econômica, mas o silêncio das autoridades do GDF sobre tão importante questão nos faz pensar que existe uma insensibilidade ou certo descaso com a remuneração dos profissionais da segurança pública.  Porque não sentarmos à mesa e discutirmos uma solução? Porque não colocarmos fim a quaisquer especulações com o governo sendo franco e tentando uma solução a várias mãos? Entendemos até uma sinalização para janeiro do próximo ano, mas a falta de uma resposta é preocupante e nos causa aflição para planejarmos nossa vida juntamente com nossas famílias, pois além de profissionais somos cidadãos, pais e mães de família.

Esse silêncio, além de expor uma estranha insensibilidade do GDF com profissionais que são capazes de doarem suas próprias vidas para defenderem a sociedade do Distrito Federal nos causa insegurança e nos faz sentir desamparados pelo mesmo governo que deveria nos proteger e nos incentivar.

Senhor Governador, a Constituição Federal diz no seu Artigo 21, inciso XIV, que compete à União manter e organizar a Policia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros Militar do DF. Portanto as despesas com a folha de pagamento dos profissionais da segurança pública do Distrito Federal não entram no cálculo das despesas com pessoal pelo Governo do Distrito Federal no tocante aos limites impostos pela lei de responsabilidade fiscal.

As Polícias Militares dos antigos territórios que são regidos pela nossa lei de remuneração tiveram aumento salarial aprovado recentemente pela Câmara dos Deputados. Porque não fomos contemplados de forma igual? Vamos buscar um processo de união jamais visto no nosso segmento profissional e nos reunir com os sindicatos da Polícia Civil para colocarmos nossas demandas na mesma mesa para de forma justa e transparente negociar de forma global nossas demandas de recomposição salarial respeitando as peculiaridades de cada instituição.





Senhor Governador esperamos que em respeito à nossa história e à nossa condição de servidores de estado o senhor nos chame para dialogar e para acharmos uma solução que atenda as partes envolvidas de forma equânime, pois não podemos aceitar que sejamos os únicos responsáveis pelo desequilíbrio das finanças públicas do Distrito Federal. Vamos dialogar nos respeitando, mutuamente, na busca do consenso e assim poderemos até entender as dificuldades do governo em atender já em 2016 nossas demandas, porém é imprescindível que V. Excia assuma o compromisso de fazê-lo a partir de janeiro de 2017, assim como a União fará com a Polícia Federal.


Respeitosamente,


Fórum das Associações da PMDF e do CBMDF.

2 comentários:

  1. Kd o vídeo do coroné?! Kkkkk. Correram e retiraram? Kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Halk, bom dia,faça as atualizações das prováveis promoções pra agosto ou ensine a fazer ,pois estou curioso pra saber essa estimativa.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa ser interpretado como crime militar ou comum. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial