> Preparem os vossos lombos!! - BLOG DO HALK

segunda-feira, 7 de março de 2016

Preparem os vossos lombos!!

Plano de segurança para Olimpíadas será 'maior que o da Copa', diz GDF

Efetivo ainda não foi definido; ação começa na chegada da Tocha, em abril. Serão dez jogos no Mané em nove dias; custo é estimado em R$ 25 milhões.

  •  
Secretária de Segurança, Márcia de Alencar (centro) e representantes do GDF e do governo federal assinam plano de segurança para as Olimpíadas (Foto: Mateus Rodrigues/G1)Secretária de Segurança, Márcia de Alencar (centro) e representantes do GDF e do governo federal assinam plano de segurança para as Olimpíadas (Foto: Mateus Rodrigues/G1)


O governo do Distrito Federal e o Ministério da Justiça assinaram, nesta segunda-feira (7), o plano integrado de segurança para os dez jogos de futebol das Olimpíadas que acontecerão em Brasília, entre os dias 4 e 10 de agosto. O documento não informa o efetivo de cada uma das 43 corporações envolvidas, mas o GDF diz que a operação sera "maior e mais complexa" que a da Copa do Mundo, em 2014.
A operação no DF começa em 25 de abril, quando o comboio da tocha olímpica chega à cidade. O objeto-símbolo da competição é enviado diretamente de Zurique, na Suíça, onde fica a sede do Comitê Olímpico Internacional (COI). A corrida começa na capital federal em 3 de maio, e segue no dia seguinte para Goiânia."Ela é maior porque teremos mais jogos em menos tempo, mas também temos maior contingente de efetivo de todos os segmentos envolvidos. Lembrando, também, que 85% da Olimpíada vai acontecer no Rio de Janeiro. Nós vamos tratar apenas do futebol", declarou a secretária de Segurança Pública, Márcia de Alencar. Na Copa, foram sete partidas em 27 dias.



A lista de participantes do revezamento da tocha ainda não foi divulgada. Nesta segunda, o GDF confirmou que a secretária de Esporte e Lazer, Leila Barros, é uma das convocadas para a corrida. Ela foi medalhista de bronze no vôlei nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996 e Sydney 2000.

A passagem da Tocha Olímpica por Brasília também deve contar com a presença de Graça Machel, ativista de direitos humanos e viúva do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela. Segundo o governo federal, mais de 100 autoridades mundiais estarão no Rio para a abertura dos Jogos, em 5 de agosto.

"É ela [Graça Machel] que vai receber as autoridades que estão envolvidas com todo o circuito da tocha e inaugurar a ação que o DF vai fazer proclamando, a partir de Brasília, a paz no mundo. Isso é simbólico, é histórico, é único", diz Márcia.

Vários cenários

O coordenador nacional de segurança dos Jogos Olímpicos, Andrei Rodrigues, afirma que o plano operacional leva em conta todos os cenários mais extremos, incluindo ataques terroristas ou acidentes de trânsito de grandes proporções. Pela primeira vez, o Brasil terá um Centro Integrado Antiterrorismo, com profissionais de outros países.

"No planejamento estratégico, nós mapeamos os principais riscos para os jogos. Passa por terrorismo, criminalidade urbana, violência, manifestações, enfim. Nós da segurança pública temos de estar sempre preparados para o pior cenário", diz.

No Rio de Janeiro, serão 47.599 profissionais atuando em toda a segurança pública. No DF, os números serão definidos nas próximas semanas, mas devem levar em conta a importância de proteger autoridades e representações diplomáticas.

O responsável pelo monitoramento na capital e ex-secretário de Segurança, coronel Paulo Roberto de Oliveira, diz que o protocolo de atuação não veio pronto do COI e será definido a partir de agora. "Vamos verificar, de acordo com as informações de inteligência, quais serão os procedimentos necessários para garantir a segurança no estádio", declarou.

Gasto e partidas

O GDF estima gasto de R$ 25 milhões com o megaevento – média de R$ 2,5 milhões por partida. O valor inclui despesas com a passagem da tocha e com as forças de segurança na cerimônia e nas partidas.

Tradicionalmente, o futebol dá o pontapé inicial em eventos poliesportivos como a Olimpíada e o Pan-Americano, antes mesmo da cerimônia de abertura, prevista para 5 de agosto de 2016. A Seleção Brasileira Olímpica estreia no Mané Garrincha às 13h de 4 de agosto e faz o segundo jogo no mesmo estádio, no dia 7, às 22h (horário de Brasília).

A primeira disputa oficial dos jogos acontece em dia 3 de agosto no Rio de Janeiro, com a Seleção Brasileira Feminina de futebol. Estádios de São Paulo e Minas Gerais também recebem jogos de futebol feminino no mesmo dia, antes da estreia masculina no Mané Garrincha.
Fonte: G1 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa ser interpretado como crime militar ou comum. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial