11 Comentarios "Parecer do Deputado Policarpo ao PL 4921/2012 "

  1. Para inglês ver ! Essa é tipo aquele risco de vida que ao fim foi vetado pelo Lula. Se fosse oriundo do Executivo local ainda poderia ser factível, mas as emendas de onde veio, me parece campanha antecipada por quem sabe que não vai dar em nada mesmo. Acordemos dessa letargia estática e façamos nossa parte em 2014! Fora PT!

    ResponderExcluir
  2. A intenção é boa,mas tem de terem boa vontade para dar certo o principal que é a aprovação do PL.

    ResponderExcluir
  3. Irmãos de farda, entrei há pouco tempo na brioza, mas já entendi como as coisas funcionam aqui. NADA para PM, porque nem governo nem sociedade nem ninguém gosta de PM. Entre nós, as benesses só vem para oficial. Tá rolando um bizu fortíssimo que a única emenda que será aprovada no PL é a autonomia do governador para promover os TCs a Cel, ao invés, de ser por merecimento como é hj. Por isso mesmo, meti a cara nos livros para me tornar cadete. Se tá ruim pra PM, pior pro praça. Sugiro o mesmo aos nobres colegas. Estudem, porque além de himilhante é desesperdor ter que esperar - NO MÍNIMO - 10 anos para ter a primeira promoção, enquanto em muitas categorias com os mesmos 10 anos já se está quase no topo, ex: OFICIAL PMDF, PCDF, PF, MPOG, etc.

    ResponderExcluir
  4. o Blog o Halk tá as mosca,também não sai de cima do muro,acende uma vela pra Deus e duas pro capeta..

    uma hora apoia a Aspra depois o Nmu ai corre para MU e depois casa com a RD..

    Responder

    ResponderExcluir
  5. OBSERVAÇÃO: onde estar a bancada federal, quanto a nossas prioridades, redução do INTERTICIO em quanto houver vagas, SVG de 6 horas e 50,00 reais a hora, redirecionar vagas da base para o topo ou dividir o numero total de vagas pelo numero de graduações, 16.500: 6 = 2750 vagas pra todas as graduações. Etc... Tartaruga ninja ate o fim.

    ResponderExcluir
  6. digamos que estas emendas são boas, porém, ainda dúvidas existem!! principalmente na parte dos auxílios.. no que se falar de fardamento (que deve ser igual para todos), transporte (idem, porém, com uma detalhe.. aqueles CMT´s que usam motorista da pm.. devem optar, senão será imoral receber 2x vezes) e natalidade..


    NOVINHUUU

    ResponderExcluir
  7. EITA BANDO DE BURRO COLOCAR JORNADA MÍNIMA DE 06H00MIN DE SERVIÇO VOLUNTÁRIO, ENTÃO AGORA O AGNULO PODE COLOCAR ATÉ 10H00MIN KKKKKKKK. SÃO UM BANDO DE IDIOTAS MESMO, TERIA QUE SER JORNADA MÁXIMA E NÃO MÍNIMA BANDO DE JUMENTOS RSRS. SÓ PODEM SER PMs MESMO COMO SÃO BURROS KKKKKKKKKK.

    ResponderExcluir
  8. Temos que planejar fazer alguma coisa e rápido se não será retirado o direito conquistado a pouco tempo de os sargentos com o CAP poderem concorrerem as vagas do CHOAEM.
    O deputado policarpo está fazendo isso porque acha que está agradando a categoria, mas na verdade essa emenda está agradando principalmente ao autor dessa emenda, o ST Ricardo 'Pato' pois, no alamnaque, ele se encontra na posição 235 entre os Sub Ten e com o fim do sobretamento dos requisitos da Lei, em novembro do ano que vem, não dará tempo dele ser chamado para o CHOAEM sem fazer prova.
    Não podemos perder esse direito.
    Alguém tem que alertar o deputado Policarpo, que é o relator desse Projeto de Lei.

    ResponderExcluir
  9. Boa noite a todos. Faz algum tempo que não teço comentários nas redes sociais, mas sempre que posso procuro acompanhar, atentamente, boa parte do que é postado. Nas últimas semanas muita água passou debaixo da ponte e com ela vieram diversas dúvidas. Sugestões, projetos e emendas foram protocolados em órgãos e gabinete afins, mas a certeza de algo positivo para nós, categorias, não se mostrou com a mesma intensidade. Diante desse impasse suscitaram-se muitas dúvidas, questionamentos e incógnitas que pairaram no ar. Críticas, desabafos, rompimentos, palavras vazias, contradições fizeram parte do enredo que se formou nesse período. Diante desse quadro de instabilidade algumas perguntas vieram a tona. Em quem acreditar? O que de fato está sendo feito em prol das categorias? Aqueles que dizem estar lhe representando de fato estão fazendo conforme anuncia, sem segundas intenções? E caso haja algum interesse, eles serão benéficos à coletividade ou somente para alguns? Qual o melhor caminho a ser seguido diante da situação que ora se encontra? As manifestações em praça pública é algo legítimo de qualquer categoria de trabalhadores; então, por que na visão de alguns essa não seja uma boa estratégia? E qual seria estratégia ideal? Atender a vontade das categorias é errado? Ir de encontro às suas decisões seria o melhor a fazer? Aceitar que não há mais nada a fazer seria algo louvável a se afirmar? Depois dos últimos acontecimentos voltou a se discutir sobre o tema “associação única” como uma provável solução. Então, será que seria viável nesse momento tentar emplacar essa idéia diante desse quadro de incertezas? E sendo possível, como difundir essa idéia no intuito de se convencer a maioria que essa seria uma boa alternativa? Qual característica deveria ter essa associação para que seja diferente e não se repita as já existentes? Vejam senhores que são algumas indagações que acredito que muitos já tenham suas respostas, mas que ainda são muito divergentes. Gostaria de poder responder a todas, mas seria uma opinião pessoal minha e, portanto, não tenho a intenção de influenciá-los. No entanto, prefiro deixá-las em aberto para aprimorar o debate e, quem sabe, possamos juntos encontrar a melhor resposta para todas elas. Fazendo votos para que os críticos de plantão não deturpem minhas palavras, desejo a todos um ótimo fim de noite.

    1º SGT INDIGNADO
    NMU

    ResponderExcluir
  10. Associação única é o único caminho. Isso é fato.
    Se organizem também (RD, NMU, MU, etc) com relação às prévias para escolha de nomes para 2014. As diferenças são naturais. As convergências são essenciais.

    ResponderExcluir
  11. cade nosso aumento que sai em 1 de março,nao esta no contracheque

    ResponderExcluir

ATENÇÃO!!!! COMENTÁRIOS LIBERADOS!!!! MAS...O BLOG não se responsabiliza por comentários que contenham ataques pessoais e ou ofensas a pessoas físicas, jurídicas ou conteúdo que possa ser interpretado como crime militar ou comum. Na medida do possível o administrador do BLOG irá moderar os comentários que julgar necessário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial